terça-feira, 15 de agosto de 2017

Ex-jogador Edílson, pentacampeão na Copa de 2002 é preso na BA por falta de pagamento de pensão alimentícia


O ex-jogador Edilson "Capetinha" foi preso na tarde desta terça-feira (15), em Salvador. Segundo informações da Polícia Civil, a prisão ocorreu por conta de dívidas com pensão alimentícia. O mandado de prisão foi expedido pela 2ª Vara da Família, em Brasilia.

Ainda segundo a polícia, o ex-jogador está custodiado na Polinter, que fica no complexo do bairro dos Barris. Se não pagar fiança, cujo valor ainda não foi estipulado, Edílson pode ficar até 30 dias presos. Ainda não informaçõe sobre o valor que o ex-jogador deve.

Esta é a terceira vez que o ex-jogador é preso por conta d epensão alimentícia atrasada. A primeira vez foi em março de 2014, quando ele foi detido na Av. Gaeribaldi, em Salvador. A segunda vez foi em julho de 2016, quando Edílson foi preso em Brasília, por deixar de pagar R$ 430 mil em pensão alimentícia.


Edilson "Capetinha" começou a carreira em 1987 no clube Industrial, um time do Espírito Santo. Ele passou também pelo Corinthians, Flamengo, Vasco, Palmeiras, Bahia e Vitória. Pela seleção brasileira, o jogador foi pentacampeão na Copa do Mundo de 2002.

G1 BA



0 comentários:

Postar um comentário