domingo, 7 de agosto de 2016

Miguel defende programa habitacional na zona rural de Petrolina

Miguel visitou o Projeto Nilo Coelho (Foto: Jonas Santos)

A inexistência de um programa de habitação popular no interior de Petrolina foi um dos principais pontos discutidos no encontro de Miguel Coelho com os colonos do Projeto Nilo Coelho. A reunião ocorrida, neste sábado (05), contou também com a presença da pré-candidata a vice Luska Portela, do deputado Guilherme Coelho e do senador Fernando Bezerra.

Na conversa com Miguel, os moradores afirmaram que existe uma carência de 5 mil moradias na zona rural petrolinense. Apesar disso, a comunidade alega que nos últimos sete anos nenhuma casa foi construída por meio de políticas públicas de habitação. "O Governo Federal fez mais de 9 mil casas na área urbana e nenhuma na zona rural. Isso ocorreu porque um ex-secretário da atual gestão fez uma portaria que proíbe o Minha Casa, Minha Vida no interior. Todos nós somos filhos da mesma cidade, então, porque o tratamento diferente?", criticou Miguel Coelho.

O pré-candidato a prefeito destacou que isso pode ser transformado através de uma mudança de prioridades e com a ajuda do alinhamento de seu grupo político. "Hoje, nós temos três ministros, um senador e deputados federais ao nosso lado. Toda essa força política pode ser decisiva para atração de mais investimentos. Mas acima disso, é preciso a vontade política para que o programa Minha Casa Minha Vida, Minha Vida atenda também o morador do interior de Petrolina", defendeu Miguel.

Assessoria de Imprensa Miguel Coelho


0 comentários:

Postar um comentário