terça-feira, 28 de novembro de 2017

Natal mais modesto este ano


Segundo dados divulgados pelo Serasa Experian, em outubro foram registrados mais de 61 milhões de consumidores inadimplentes, ou seja, com contas em atraso há mais de 90 dias, o que representa o maior contingente da série histórica iniciada há cinco anos. De acordo com a instituição, esse número é 4,45% maior do que o registrado em outubro do ano passado. Para o professor de economia da Faculdade Presbiteriana Mackenzie Rio, Marcelo Anache, essa inadimplência terá consequências negativas sobre o consumo no Natal.

“São mais de 60 milhões de pessoas com contas em atraso que vão repensar antes de realizar uma nova compra no Natal. Com certeza, o que mais pesou nisso foi o desemprego. Acreditamos que a entrada do 13º salário alivie um pouco essa situação, mas muitas pessoas usarão esse dinheiro para abater as dívidas”, analisa o professor.

Sobre o Mackenzie

A Universidade Presbiteriana Mackenzie está entre as 100 melhores instituições de ensino da América Latina, segunda a pesquisa QS Quacquarelli Symonds University Rankings, uma organização internacional de pesquisa educacional, que avalia o desempenho de instituições de ensino médio, superior e pós-graduação.

Assessoria de imprensa Ricardo Viveiros & Associados/Oficina de Comunicação


0 comentários:

Postar um comentário