terça-feira, 18 de julho de 2017

CPRH recebe 53 aves resgatadas do tráfico em São Paulo

Aves chegaram na tarde desta terça (18) ao Recife e já estão no Cetas Tangara, onde passarão um período em observação, antes de serem devolvidas à natureza (Foto: Divulgação/CPRH)

O Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), acolheu, no final da tarde desta terça-feira (18), 53 aves típicas do Nordeste que foram resgatadas do tráfico, em operações da Polícia Militar no Sudeste. Após passarem por um período de tratamento e reabilitação em São Paulo, elas foram repatriadas para Pernambuco e terão novo período de reabilitação no Cetas, antes de devem devolvidas à natureza, em áreas de solturas do Estado.

São 25 galos de campina, 13 coleirinhos baianos (papa-capim), oito corrupiões, 5 golinhos (patativas), um papagaio-verdadeiro e um periquito da caatinga. O grupo deixou a capital paulista pela manhã e chegou no início da tarde no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, em voo da Gol. Vieram em sete caixotes apropriados para este tipo de viagem, divididos em comportamentos individuais, e com alimentação.
As aves foram encaminhadas ao Cetas/CPRH pelo Centro de Triagem da Divisão de Fauna (Depave), da Prefeitura de São Paulo. Elas são de ocorrência no Nordeste e foram apreendidas em São Paulo por policiais militares do Estado, em diversas operações de fiscalização pelo Estado. Foi o segundo repatriamento feito pela Depave para Pernambuco, este ano. Em janeiro foram encaminhadas 56 aves, todas já devolvidas ao habitat natural pelo Cetas.

Também nesta terça, a CPRH repatriou quatro araras-canindé para o Amapá. Outras araras e tucanos serão encaminhados para o mesmo Estado, no Norte do País, em voos da Latam, agendados para esta quarta (19) e nos dias oito e nove de agosto.

Núcleo de Comunicação Social e Educação Ambiental - NCSEA
Agência Estadual de Meio Ambiente - CPRH


0 comentários:

Postar um comentário