sexta-feira, 21 de abril de 2017

Padre Reginaldo Manzotti recebe título de cidadão pernambucano

O elo do religioso com o Estado começou após trabalho espiritual em Camocim de São Félix. Fotos: Giovanni Costa e Henrique Genecy/Alepe)

Conhecido nacionalmente pelo trabalho religioso e por sua música, o padre Reginaldo Manzotti recebeu da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), na noite dessa quinta (20), o Título de Cidadão de Pernambuco. Natural de Paraíso do Norte, no Paraná, e descendente de imigrantes italianos, o religioso tem forte atuação em Curitiba, capital daquele Estado. A autora da homenagem é a deputada Terezinha Nunes (PSDB).

Além das funções sacerdotais que exerce, padre Reginaldo Manzotti é escritor, compositor, cantor e apresentador de rádio e TV. Ele aplica todos os seus talentos em nome da evangelização. Em 2005, fundou a Associação Evangelizar é Preciso, instituição sem fins lucrativos com a finalidade de pregar pelos meios de comunicação.

Sua vinculação com Pernambuco começou após a graduação em Filosofia e Teologia, quando veio ao Estado para realizar trabalho espiritual, durante um ano, em Camocim de São Félix (Agreste). O padre sempre volta a Pernambuco para participar de eventos voltados à assistência e à recuperação de dependentes químicos.

Atualmente, o religioso está ajudando a tornar realidade a implantação da Fazenda da Esperança em Jaboatão dos Guararapes, a primeira a funcionar na Região Metropolitana do Recife (RMR). A comunidade terapêutica, que ajuda jovens a se livrar da dependência química, está sendo construída com o apoio da Arquidiocese de Olinda e Recife.

Nesta sexta (21), o padre Reginaldo Manzotti fará um show na Praia do Pina, Zona Sul do Recife, com o objetivo de angariar recursos para a conclusão das obras da entidade. Em Pernambuco existem outras três unidades da fazenda.

O presidente da Assembleia, deputado Guilherme Uchoa (PDT), abriu a Reunião Solene, ressaltando “que as ações do sacerdote têm ajudado a salvar muitas vidas”. Terezinha Nunes destacou que o padre Reginaldo é conhecido por arrastar multidões aonde quer que vá. “Propagar o evangelho de todas as formas. Essa é a missão do novo cidadão pernambucano”, salientou.

Ao iniciar seu discurso, o religioso chamou os convidados presentes de “conterrâneos de coração”. Em seguida, cantou a música “Vida de viajante”, de Luiz Gonzaga, por se identificar com a letra da composição. “Fico emocionado com essa homenagem da Assembleia, que vem de um povo generoso e vai estreitar mais ainda os meus laços com Pernambuco”, enfatizou. O arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, e o bispo de Caruaru, Dom Bernardino Marchió, prestigiaram a solenidade.

Alepe


0 comentários:

Postar um comentário