terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Até fevereiro, ASPA recebe adesão de municípios pernambucanos ao 7º Concurso Ler Bem


Está aberto de janeiro a fevereiro o período de adesão de municípios pernambucanos para a edição 2017 do Concurso Ler Bem, promovido pela Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores (Aspa). Mais informações, regulamento e inscrições no site da ASPA (http://agenciajamboo.com.br/aspa/)

Criado em 2011, o Projeto Aspa de Incentivo à Leitura envolve uma saudável disputa entre alunos do 4º Ano do Ensino Fundamental para ver quem ler melhor, seguindo critérios específicos da comunicação oral.

A essa disputa foi dado o nome de Concurso Ler Bem, onde os estudantes são avaliados por uma comissão julgadora que atribui notas aos candidatos após analisar os seguintes aspectos: entonação da voz, espontaneidade na leitura e pausas determinadas pela pontuação.

Diante do corpo de jurados, os estudantes leem em voz alta textos de Olavo Bilac, Mário Quintana, Ferreira Gullar, Ziraldo, Vinícius de Moraes, Ana Maria Machado, Ruth Rocha, Maurício de Souza, Monteiro Lobato e Cecília Meireles, entre outros escritores da literatura infanto-juvenil.

Até chegarem à final do Concurso Ler Bem os candidatos são submetidos a etapas classificatórias em suas respectivas escolas (numa primeira fase, para definir os melhores de cada escola) e em seus respectivos municípios (numa segunda fase, para definir o melhor de cada município), o que mobiliza professores, gestores escolares, pais dos alunos e secretarias municipais de Educação, em parceria com a Aspa. Nessa etapa seletiva – realizada no primeiro semestre do ano – são definidos, portanto, os estudantes representantes de cada um dos municípios inscritos no concurso.

Uma vez definido o estudante representante de cada município, a etapa seguinte compreende as semifinais, que acontecem no mês de agosto. As semifinais ocorrem em cidades-sedes previamente escolhidas pela organização do concurso. Comissões julgadoras selecionam nessa etapa os estudantes que vão para a final, que acontece sempre no mês de outubro, quando se comemora o Dia das Crianças.

Premiação

Cada estudante semifinalista é premiado com um tablet. Se o estudante passar para a disputa final ele também é premiado com um notebook, recebido no dia da final do concurso. Dos 15 finalistas, a comissão julgadora (formada por educadores e especialistas em Comunicação) escolhe o vencedor do concurso, o vice-campeão e o terceiro colocado.

Os três melhores são premiados com hospedagens num resort de luxo no litoral sul de Pernambuco, num evento especial com shows, palestra e direito à infraestrutura de lazer do hotel, onde os estudantes se divertem durante três dias (da sexta-feira ao domingo), aproveitando toda a programação infantil preparada especialmente para as crianças. Resorts como o Summerville, Vila Galé e Enotel já sediaram o evento, sempre no Sistema All Inclusive, com diárias, todas as refeições e opções de lazer gratuitas.

As crianças vão acompanhadas dos pais ou responsáveis legais. A premiação é extensiva aos respectivos professores dos três primeiros colocados, com direito a acompanhante, e ao gestor da escola onde estuda o aluno campeão do concurso, bem como ao respectivo secretário de Educação do município.

O Projeto Aspa de Incentivo à Leitura é uma realidade graças ao apoio de empresas e marcas que patrocinam anualmente o Encontro Aspa, considerado um dos maiores eventos empresariais do Nordeste e que reúne empresários do setor atacadista distribuidor, fornecedores, clientes e parceiros para três dias de confraternização e troca de experiências profissionais.

Os recursos provenientes das cotas de patrocínio do Encontro Aspa são destinados à realização também anual do Concurso Ler Bem, o que inclui investimentos com aquisição e distribuição de brindes especiais, camisas personalizadas, livros e outros materiais utilizados durante o concurso, além de tablets e notebooks que integram o conjunto de premiações e contribui no processo de inclusão digital dos estudantes, com estímulo à pesquisa, à leitura de livros virtuais, ao conhecimento e ao aprendizado escolar.

A Aspa – consciente do seu papel de entidade empresarial socialmente responsável e comprometida com os valores e temas ligados à educação e cidadania – entende que a leitura é fundamental para o processo de aprendizado e desenvolvimento profissional, pois quando a pessoa adquire o hábito de ler, ela escreve melhor, tem mais facilidade na compreensão de textos e de livros e maior capacidade de argumentação. No caso das crianças em idade escolar, o gosto pela leitura também influencia diretamente no seu desempenho nos estudos e favorece para uma maior assiduidade dos alunos às salas de aula, evitando assim a temível evasão escolar.

Por Carlos Enrique/Aspa


Um comentário: