Publicidade

Paulo Afonso (BA) Imagens mostram momento em que agente remove explosivo amarrado a corpo de gerente bancário

Artefato explosivo que foi amarrado no corpo do gerente é removido por policial do BOPE. (Foto: SSP/ Divulgação)

Imagens registradas pela polícia mostram o momento em que o gerente bancário, que teve explosivos amarrados ao corpo, tem o artefato removido por um agente da Companhia Antibombas do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

O homem é funcionário de uma agência de Paulo Afonso, ao norte da Bahia, e passou horas com os explosivos presos no abdômen. Ele foi feito refém dentro de casa, entre o início da noite de terça-feira (4) e a manhã de quarta (5).

A polícia não soube dizer quanto tempo a vítima levou com os artefatos amarrados, mas disse que a equipe só chegou durante a tarde de quarta para remover o explosivo.


Dois suspeitos chegaram a levá-lo até o banco para que ele abrisse o cofre da agência. No entanto, o equipamento não foi aberto e os bandidos fugiram antes da chegada da polícia. A esposa e os quatro filhos dele foram sequestrados durante o assalto.

A família foi levada para o povoado de Malhada, na zona rural de Paulo Afonso, e liberada por volta do meio-dia. Ninguém ficou ferido na ação. Os suspeitos fugiram sem levar o dinheiro antes da chegada da polícia.

Por: PA4.COM.BR

Comentários

Publicidade