Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Exame sexológico não confirma estupro de bebê em Caruaru

Pai do bebê continua na Penitenciária Juiz Plácido de Souza Foto: reprodução/TV Jornal

O exame sexológico feito em um bebê de três meses que supostamente teria sido estuprado, não confirmou o abuso, de acordo com o delegado Alberes Costa, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O caso aconteceu na última terça-feira (11), e o pai do bebê era suspeito pelo crime.

Ainda segundo o delegado, o resultado, que saiu nesta segunda-feira (17), confirmou que a criança não sofreu nenhum tipo de abuso sexual. De acordo com a Secretaria de Ressocialização do Estado (Seres), o pai do menino, que chegou a ser preso, continua na Penitenciária Juiz Plácido de Souza.

O caso

De acordo com a Polícia Civil, a mãe da criança que é surda-muda, foi tomar banho e observou que a criança estava muito inquieta e viu que havia ferimentos na região do ânus. Ao ver a criança, a mãe levou ela até uma policlínica e foi constatado ferimento nas partes íntimas.

A PM foi acionada e a mãe da criança pediu a ajuda da madrinha, que é interprete de libras, para explicar o que aconteceu. A polícia informou ainda que o pai da criança foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável. O suspeito foi encaminhado para passar a noite na Penitenciária Juiz Plácido de Souza e passou por audiência de custódia na quarta-feira (12), onde negou ter cometido o crime.

NE10 Interior

Comentários

Publicidade