Publicidade

Publicidade

Armando propõe Expresso Saúde com mutirão de consultas, exames e cirurgias

Foto: Ricardo Labastier/Divulgação

Pacientes que tiveram que realizar a cirurgia de colostomia, exteriorização do intestino grosso, na rede pública de saúde realizaram protesto na última semana em frente ao Hospital Barão de Lucena. Eles denunciam que estão há dez meses sem receber as bolsas coletoras adequadas. Nesta terça-feira (18), médicos residentes do Hospital Getúlio Vargas paralisaram as atividades para denunciar a falta de material, medicamentos e as precárias condições de trabalho. Terceirizados contratados pelas OSs denunciam atrasos nos pagamentos.

Para evitar que cenas como essas, que se tornaram comuns nos últimos três anos e nove meses, se repitam o candidato a governador da coligação Pernambuco Vai Mudar, Armando Monteiro, apresentou às pernambucanas e pernambucanos o programa Expresso Saúde, iniciativa que vai tornar o atendimento rápido e humanizado e vai integrar todas as unidades com prontuários on-line e guichês eletrônicos, deixando mais rápidos a marcação e o acompanhamento de consultas, exames e cirurgias. A proposta foi apresentada no guia eleitoral desta quarta-feira (19), depois de discutida com profissionais de enfermagem e agentes de saúde.

“Nos primeiros cem dias de governo vamos realizar um verdadeiro mutirão para acabar com as filas nas cirurgias eletivas. Construir prédios e não colocá-los para funcionar é inaceitável. O governador fez muitas promessas na saúde e não cumpriu. Nosso compromisso é colocar para funcionar a rede que existe, com descentralização, melhoria na gestão, qualificação dos serviços e humanização do atendimento”, afirmou Armando, durante entrevista à Rádio Jornal de Caruaru.

Assessoria de Imprensa do candidato a governador Armando Monteiro (PTB)

Comentários

Publicidade