quinta-feira, 14 de junho de 2018

Petrolândia: Pai acusado de suposto estupro à filha ainda está preso; previsão de soltura é hoje (14)



Acusado de estupro de vulnerável, o pai de uma menina falecida na ultima quinta-feira (7), no Hospital Municipal Dr. Francisco Simões de Lima, em Petrolândia, ainda está preso. Conforme esclarecimentos obtidos pela reportagem do Blog de Assis Ramalho e da Web Rádio Petrolândia, ontem (13),  na Delegacia de Petrolândia, comandada pelo delegado Dr. Roberto Fonseca, os procedimentos para conceder a liberdade do acusado já haviam sido realizados pela Polícia Civil. ''Eu acredito que ele deve ter sido solto no dia de ontem [terça-feira]'', disse o delegado. Porém, nossa reportagem levantou que, devido à burocracia e excesso de processos na Comarca local, o acusado ainda não tinha sido liberado da prisão, na manhã desta quinta (14). 

No final da manhã de hoje (14), nossa reportagem entrou em contato com o advogado do acusado, Dr. Alessando Silva, que nos nos enviou a seguinte nota.

Advogado Alessandro Silva

Olá, caro amigo, Assis! Boa tarde! Conforme solicitado, venho informar que o senhor José Rogério, acusado injustamente de ter cometido o crime de estupro de vulnerável contra sua própria filha, (mesmo sendo inocente) ainda encontra-se preso na cadeia da cidade, tudo isso por conta de algumas intercorrências como, por exemplo, o final de semana, juiz que precisou se ausentar da comarca por motivos do próprio trabalho, bem como por também acumular a comarca de Tacaratu. Tudo isso fez com que essa prisão se estendesse por tantos dias. Todos esses fatores fizeram com que o pedido de relaxamento da prisão que fizemos só pudesse ser apreciado hoje pelo juiz. Dentro das próximas horas, o senhor José Rogério será liberto, mediante expedição do alvará de soltura!


Alessandro - Advogado

Redação do Blog de Assis Ramalho


0 comentários:

Postar um comentário