quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Médico é acusado de estuprar paciente de 18 anos dentro de UPA em Pernambuco


A Polícia Civil de Pernambuco investiga a denúncia de estupro que teria sido cometido por um médico contra uma paciente dentro de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira, na Zona Sul do Recife. De acordo com a jovem de 18 anos o profissional cometeu o crime no consultório da Unidade de Saúde, onde a vítima procurava atendimento.

Segundo a denúncia registrada pele delegacia de Santo Amaro, o crime aconteceu por volta das 08 horas desta quarta-feira (21). A jovem afirmou que, após sofrer uma descarga elétrica dentro de casa, caiu e procurou a UPA sentindo dores nas costas e na coluna. Na Unidade, o médico traumatologista teria feito o exame inicial e pedido um raio-x.

Quando ela voltou com as imagens, o médico teria passado dois pacientes para depois atende-la. Ao entrar na sala de atendimento, segundo a jovem o médico teria passado a mão no corpo da paciente e pedido para que ela realizasse movimentos, como permanecer agachada com as mãos no chão. Após ser questionado pela paciente que havia estranhado o procedimento, o médico teria dito que os movimentos seriam o procedimento padrão daquele tipo de atendimento.

Ainda dentro da sala, segundo a denúncia, o médico teria abaixado o short da paciente e pedido para ela segurar a porta, que estava sem o trinco. Ainda conforme relato feito durante a denúncia, o homem ejaculou nas nádegas da mulher. Após o crime, o médico teria limpado a paciente e ainda prescreveu medicamentos para a jovem.

>Leia a reportagem completa

JC Online


0 comentários:

Postar um comentário