quarta-feira, 23 de novembro de 2016

São Paulo demite técnico Ricardo Gomes


Ricardo Gomes não é mais técnico do São Paulo. O técnico foi demitido do comando do clube paulista nesta quarta-feira (23). O anúncio foi feito por Marco Aurélio Cunha, diretor executivo do clube paulista, após o treinamento.

O diretor executivo de futebol do clube, Marco Aurélio Cunha, fez o pronunciamento após o treino, no CT da Barra Funda. Até o final do Campeonato Brasileiro, o assistente técnico do clube, Pintado, vai dirigir a equipe. Um novo treinador deve ser anunciado nas próxima semanas.



"O São Paulo Futebol Clube comunica que vamos ter uma mudança no comando téncico. Ricardo Gomes e o seu assistente Luiz Otávio deixam o clube. Queremos agradecer a capacidade e a paciência que tiveram conosco e, dentro de uma ideolgia que do que vamos querer para 2017 vamos buscar um outro técnico. O Pintado será o técnico nos próximos dias e outro treinador ocupará o cargo na Florida Cup [em janeiro de 2017]", avisou Cunha.
Ricardo Gomes havia sido garantido no cargo pelo presidente do clube, Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, na última semana. Porém, os resultados ruins pesaram na avaliação dos dirigentes.

Ricardo Gomes deixa o comando do São Paulo após 16 rodadas do Campeonato Brasileiro. O auxiliar do então treinador, Luiz Otávio, também deixa o comando do clube paulista.

Ricardo Gomes chegou ao São Paulo na 20ª rodada do Brasileirão, em 13 de agosto, e teve a missão de livrar o clube de uma ameaça do rebaixamento na competição nacional. Ele chegou à equipe após a saída do argentino Bauza, que deixou o clube para assumir a seleção argentina.

Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário