Publicidade

Sport e Salgueiro iniciam disputa por vaga na decisão do PE

Nas últimas quatro partidas entre os dois times, o Sport não conseguiu vencer

Com as recentes eliminações na Copa do Nordeste, o Pernambucano foi alçado à condição de “tábua de salvação” no primeiro semestre para Sport e Salgueiro, que iniciam a disputa por uma vaga na decisão do campeonato, nesta quinta-feira (21), às 16h, na Ilha do Retiro. No caso do Sport, a importância da partida vai além: pode não só devolver paz ao ambiente do clube depois da demissão de Paulo Roberto Falcão na segunda-feira como dar um pouco de respaldo ao trabalho do interino Thiago Gomes, até então o assistente-técnico.

É a segunda vez consecutiva que os dois times se encontram nas semifinais do Estadual – em 2015, deu Carcará. O Salgueiro, por sinal, vem se transformando em “pedra na chuteira” do Sport. Nos últimos quatro encontros entre eles, um empate e três derrotas rubro-negras. No Hexagonal do Título, foram duas vitórias por 1x0 dos sertanejos. “Estamos engasgados desde o ano passado com o Salgueiro. Na primeira fase de 2016, eles vieram aqui na Ilha e nos venceram. Agora é uma semifinal, um mata-mata. É outra história. Vamos com tudo para cima deles. Mesmo passando por uma situação difícil, nós temos condições de vencer”, disse o capitão rubro-negro, Durval.


No Salgueiro, todos evitam valorizar o retrospecto recente contra o Leão. Preferem exaltar o fato de o time pelo terceiro ano seguido estar entre os semifinalistas do Estadual. “Para o Salgueiro, o mais importante é ter entrado nas semifinais. Esse é o objetivo que tínhamos definido. Agora, é fazer os dois melhores jogos da gente no semestre para termos a possibilidade de chegar à decisão. Seria muito importante fazer isso pelo segundo ano seguido”, disse o técnico Sérgio China.

Do JC Online

Comentários

Publicidade