Publicidade

Temer rebate Dilma: “A senhora não confia em mim”


O vice-presidente Michel Temer encaminhou nesta segunda-feira à noite uma carta pessoal à presidente Dilma Rousseff onde expõe sua posição sobre o momento político que o país atravessa, marcado pelo pedido de impeachment contra ela. A informação foi revelada pelo blog do jornalista Ricardo Noblat. Segundo o colunista Jorge Bastos Moreno, que trouxe em primeira mão um trecho em seu blog, a carta é duríssima. Nela, Temer contradiz a declaração da presidente de que confia nele: “Não, a senhora não confia em mim e nem no PMDB”. O vice relaciona uma série de fatos para provar essa declaração.

A amigos, Temer disse que enviou a carta para não precisar se encontrar pessoalmente com Dilma e ser vítima novamente de “arapuca” armada pelos ministros que tentam associá-lo à defesa contra o impeachment. Apesar do tom duro, peemedebistas dizem que a carta ainda não significa rompimento. Mas quem leu diz que é quase isso.

O vice-presidente enviou a mensagem antes de embarcar de São Paulo para Brasília em um jatinho da FAB. Apesar de Dilma ter dito à imprensa que tem confiança integral em Temer e que ele sempre foi fiel, a desconfiança da petista vem desde o início de agosto, quando Temer pregou o surgimento “de alguém” capaz de unificar o país.



Segundo aliados do peemedebista, Temer vinha enumerando uma série de motivos que demonstram que ele e Dilma nunca tiveram uma relação de confiança. O rosário de problemas vinha desde a escolha de seu nome para vice na chapa presidencial, em 2010, e seria exposto na próxima conversa entre os dois. Hoje à tarde, no entanto, o vice desistiu do encontro e resolveu enviar a carta.


Ouça o programa Acordando com as Notícias com Assis Ramalho de segunda a sábado das 05:30 as 08;30 da manhã na Web Rádio Petrolândia, 24 horas no ar. 

O programa apresenta notícias locais, regionais, nacionais, internacionais, esportes, política, polícia, economia, cultura, manchete dos jornais do dia, utilidade pública, entrevistas, entretenimento e muito mais.

Comentários

Publicidade