Publicidade

Ponto a Ponto/Lavareda: "O álcool usado precocemente é portas abertas para as drogas", diz especialista

Clarice Madruga é entrevistada do Ponto a Ponto (Foto: Thiago Cogo)

A psicóloga e doutora em Psiquiatria e Psicologia Médica, professora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Clarice Madruga, é a convidada do Ponto a Ponto deste sábado (14), que será veiculado à meia-noite, na Band News, com apresentação da jornalista Mônica Bergamo e do sociólogo Antonio Lavareda. O assunto em pauta são as drogas e as consequências do uso contínuo e precoce.

Segundo pesquisa da CNI-Ibope (2014), 67% dos entrevistados responderam que o principal problema no país são as drogas; 64%, violência; 63%, corrupção; 58%, saúde e 48% disseram inflação.

"A maconha usada hoje em dia não é a mesma dos anos 60, 70. O aumento de THC - principal componente ativo da maconha - é exponencial. O usuário quer o barato. São as formas de se extrair que evoluíram muito e as cerpas de plantas, hoje em dia, são muito poderosas. O mercado pede uma substância mais potente. O CBD, componente mais brando que o THC, é quase nulo na Europa", disse a especialista.
A pesquisadora disse que "o álcool usado precocemente aumenta a vulnerabilidade para usar a maconha e outras drogas, além da predisposição genética", argumentou.

O Ponto a Ponto será reprisado no domingo (15), às 17h30, e sexta (20), às 3h.

Milton Couto
SL.MCI Comunicação (Núcleo Político)

Comentários

Publicidade