Publicidade

Suspeito de matar policial em Sergipe é morto no interior de AL

Materiais foram apreendidos durante operação (Foto: Divulgação/PM)

Um foragido da Justiça de Sergipe suspeito de matar um policial e de estuprar a própria filha foi morto após ser baleado em uma troca de tiros com a polícia durante uma operação realizada na noite de quinta-feira (15) em Palmeira dos Índios, interior de Alagoas. O irmão dele, também foragido da Justiça, foi preso.

Segundo o 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM), George Carvalho da Silva, 35, é suspeito de diversos crimes, dentre eles homicídios, roubos e estupro da própria filha. Ainda de acordo com a polícia, ele foi encontrado no povoado Sítio Moreira e quando abordado pelos policiais, disparou três tiros contra as guarnições.

A polícia ainda informou que reagiu aos disparos e o suspeito foi atingido. "Socorremos ele para a UPA [Unidade de Pronto Atendimento] de Palmeira [dos Índios] e ao ser atendido, ele morreu", disse o tenente Dias ao G1.


O irmão dele, Geovargas Carvalho da Silva, de 26 anos, também era foragido da Justiça de Sergipe. Ele tem mandado de prisão preventiva por assaltos, homicídios e estupro de criança.

Segundo a polícia, o suspeito foi encontrado no povoado Cachimbinhas em uma casa no meio da mata.

De acordo com a PM, ele não reagiu a prisão. Duas armas de fogo, uma moto, munições e dinheiro foram apreendidos com os suspeitos. Geovargas foi encaminhado para a Delegacia de Palmeira dos Índios.

A operação foi realizada pelas polícias Militar e Civil, com apoio do Grupo de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc), do Ministério Público Estadual.

G1 AL

Comentários

Publicidade