Publicidade

Flamengo afasta Alan Patrick, Everton, Marcelo Cirino, Pará e Paulinho

Em entrevista coletiva que contou até com o vice-presidente do departamento jurídico, Flávio Willeman, clube anuncia punições a quinteto que participou de festa

A revolução causada na Gávea por conta da presença de Alan Patrick, Everton, Marcelo Cirino, Pará e Paulinho em uma animada festa culminou em punição, anunciada em entrevista coletiva que foi iniciada às 18h28, na Gávea. O quinteto, formado por três titulares absolutos, um reserva com alto índice de participação (Paulinho) e um lesionado (Cirino), está afastado e será multado. O diretor geral do Flamengo, Fred Luz, fez o anúncio oficial.

- Estamos diante de um fato público e notório divulgado pela imprensa envolvendo cinco atletas profissionais do Flamengo em período decisivo do Campeonato Brasileiro. Após tomar conhecimento dos fatos, o departamento de futebol convocou os atletas para ouvir suas versões. Ponderados os argumentos, foi decidido que os atletas profissionais serão multados e afastados por tempo indeterminado para avaliação da diretoria e da comissão técnica. Daqui para frente esse assunto será tratado internamente pelo Flamengo - comunicou Fred.


O dia foi muito tenso na Gávea. Pela primeira vez no ano o treino foi integralmente fechado à imprensa. Quando os jornalistas tiveram acesso ao CT, não havia mais um jogador em campo.

Alan Patrick, Everton, Marcelo Cirino, Pará e Paulinho participaram de festa no Recreio dos Bandeirantes após treinarem no Ninho do Urubu. O grupo sustenta que chegou ao evento ainda na tarde de terça, por volta das 14h.

Por Chandy Teixeira e Ivan Raupp
G1 Rio de Janeiro

Comentários

Publicidade