Publicidade

APAC divulga aviso de estado de alerta no Sertão de Pernambuco por baixa umidade do ar

Os pets também sofrem com o ar seco. 

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC) emitiu, no final da manhã desta segunda-feira (26), Aviso de Umidade Baixa em Estado de Alerta para o Sertão do Estado. Segunda a APAC, valores de umidade relativa do ar abaixo dos 20% foram registrados no Sertão nesse domingo (25), quando Floresta e Serra Talhada tiveram medição de 19%. A previsão é de os níveis permanecerem baixos até a quarta-feira (28). Leia abaixo o Aviso e as recomendações, na íntegra.

AVISO DE UMIDADE BAIXA ESTADO DE ALERTA Nº 10/2015 
Elaborado 26/10/2015 11h40min Validade: 28/10/2015 

As condições do tempo seguem bastantes estáveis em Pernambuco, características deste período de estiagem, e reduziram as formações de nuvens e provocaram aumento das temperaturas máximas e redução significativa da umidade relativa do ar, principalmente no período da tarde. A região do Sertão deve atingir valores de umidade relativa do ar abaixo dos 20% no dia de hoje, e devem permanecer baixos nos próximos 2 dias em quase todo o Sertão, com temperaturas próximas dos 38ºC. 

Os menores valores de umidade relativa do ar foram registrados ontem em Ouricuri (15%), Serra Talhada (19%) e Floresta (19%). Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), um nível considerado aceitável deve estar acima dos 30%. 

PROBLEMAS DECORRENTES DA BAIXA UMIDADE DO AR 
 Complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas; 
 Sangramento pelo nariz; 
 Ressecamento da pele; 
 Irritação dos olhos; 
 Eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos; 
 Aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas 

CUIDADOS A SEREM TOMADOS 
Entre 20 e 30% - Estado de Atenção 
 Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11 e 15 horas 
 Umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins etc. 
 Sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas etc. 
 Consumir água à vontade. 
Entre 12 e 20% - Estado de Alerta 
 Observar as recomendações do estado de atenção 
 Suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas 
 Evitar aglomerações em ambientes fechados 
 Usar soro fisiológico para olhos e narinas 
Abaixo de 12% - Estado de emergência 
 Observar as recomendações para os estados de atenção e de alerta 
 Determinar a interrupção de qualquer atividade ao ar livre entre 10 e 16 horas como aulas de educação física, coleta de lixo, entrega de correspondência etc. 
 Determinar a suspensão de atividades que exijam aglomerações de pessoas em recintos fechados como aulas, cinemas etc entre 10 e 16 horas 
 Durante as tardes, manter com umidade os ambientes internos, principalmente quarto de crianças, hospitais etc

APAC

Comentários

Publicidade