Publicidade

Neymar caminha a passos largos para bater números de Romário, Ronaldo, Zico e até mesmo do rei Pelé

Fazendo história na seleção brasileira; Ele já está a dez gols de alcançar Romário, quarto maior goleador da história da Seleção. Aos 23, ele balançou a rede com a camisa amarelinha 46 vezes

Foram apenas 55 minutos nos dois amistosos disputados pela Seleção nos Estados Unidos, contra a Costa Rica e os donos da casa. O suficiente para o atacante Neymar marcar duas vezes com a amarelinha. Após 67 jogos pelo Brasil, o jogador marcou 46 gols, ficando a dez de Romário, o quarto maior goleador da história da equipe nacional. E o camisa 10 não para de bater recordes e de se aproximar de marcas cada vez mais impressionantes defendendo o time brasileiro.

Pelé é o líder de artilheiros, com 95 gols. Mas se depender do retrospecto de Neymar, a marca do Rei do Futebol tem tudo para ser quebrada em 2020, quando o craque estiver com 28 anos.

Com apenas 23 anos, Neymar alcançou a marca de 46 gols. Na mesma idade, os outros jogadores que estão à frente dele na lista de maiores goleadores da história da Seleção passaram longe desse feito. Zico, por exemplo, não havia balançado a rede quando tinha a mesma faixa do craque do Barcelona e do time nacional.

Para os dois primeiros jogos das eliminatórias, contra Chile, no dia 8 de outubro, em Santiago, e diante da Venezuela, no dia 13, em Fortaleza, Neymar estará fora da Seleção. Suspenso pela Conmebol, o atleta não poderá participar dos amistosos. Apesar disso, a CBF entrou com recurso no TAS (Tribunal Arbitral do Esporte) e ainda aguarda uma resposta até a convocação, no dia 17 de setembro.    Clique e veja lista dos cinco maiores artilheiros da história da seleção brasileira

INFO - Números Neymar Seleção (Foto: GloboEsporte.com)
Os números de Neymar aos 23 anos impressionam
(Foto: GloboEsporte.com)

Comentários

Publicidade