Publicidade

Frases do dia 23/03/2015: Coletânea IHU Online


Lula critica Rossetto e... Dilma

“Lula não poupou ninguém na reunião que fez com membros do governo outro dia.
Disse em alto e bom som que o discurso de Miguel Rossetto, ministro de Dilma, só não foi pior do que o da própria presidente no domingo anterior” – Ancelmo Gois, jornalista – O Globo, 20-03-2015.

Faz-me rir

"Marta Suplicy ironiza o esforço de Haddad para se diferenciar dos políticos. "No meu tempo eu não tinha tempo de dar aula de pós-graduação. Trabalhava de manhã, à tarde e à noite", diz a senadora e provável adversária do petista em 2016" - Vera Magalhães, jornalista - Folha de S. Paulo, 23-03-2015.

Cena carioca

"Marcelo Calero, secretário municipal de Cultura do Rio, almoçou, no sábado, dia 14, na Confeitaria Colombo, no Centro. Quando desceu na Uruguaiana, ele se apiedou de um jovem cego ao seu lado no metrô. Ao saber que ele iria para o nº 49 da Rua da Carioca, o diplomata se ofereceu para levá-lo. O ceguinho resistiu o quanto pôde, disse que não precisava, mas Calero fez questão" - Ancelmo Gois, jornalista - O Globo, 22-03-2015.

Segue...

"Qual não foi a surpresa do secretário ao descobrir que no endereço funciona o rodado Cine-Theatro Íris, onde passam filmes pornôs esquentados com shows de strip tease ao vivo. O danadinho, depois de exibir um sorriso matreiro, explicou: "Sabe como é, né? Eu ainda consigo enxergar um pouquinho de um olho e resolvi vir aqui me divertir". Fez bem" - Ancelmo Gois, jornalista - O Globo, 22-03-2015.

E o salário mínimo, hein?

"Na prática, isto pouco altera a vida do trabalhador. Mas não deixa de ser curioso. A alta do preço da moeda americana fez o salário mínimo daqui diminuir em US$ 50. Em janeiro, o mínimo brasileiro valia quase US$ 293. Agora, US$ 243" -Ancelmo Gois, jornalista - O Globo, 22-03-2015.

Generosidade e mau caráter

"A democracia brasileira está consolidada" não é mais do que uma ideia generosa com o (mau) caráter da política brasileira, produzido e disseminado pela mentalidade primária e gananciosa, além de alheia ao país, da classe dominante com seus poderes maiores que os dos Poderes institucionais. O golpismo é um recurso natural dessa mentalidade. Por isso está aí" - Janio de Freitas, jornalista - Folha de S. Paulo, 22-03-2015.

Civilidade

"Nem uma só voz de militar da ativa veio agravar qualquer dos vários períodos de conturbação. O homem das casernas tornou-se o exemplo de civilização e civilidade, ao lado da degradação paisana. O antigo troglodismo armado está restrito, inofensivo, aos bolsonaros de pijama no Clube Militar" - Janio de Freitas, jornalista - Folha de S. Paulo, 22-03-2015.

Pra quê?

"A relação entre Lula e Dilma atingiu seu pior momento. Em meio à crise que abarca o governo, o ex-presidente tem dito a aliados que a sucessora não o escuta mais e, mesmo que concorde com suas sugestões, não aplica nenhuma delas" – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo, 22-03-2015.

Pregando...

"Após a demissão de Cid Gomes do Ministério da Educação, por exemplo, Lula aconselhou Dilma a colocar Aloizio Mercadante no MEC e Jaques Wagner na Casa Civil" – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo, 22-03-2015.

... no deserto

"Dilma, por sua vez, não deu sinais de que efetivará a troca, exceto se o próprio Mercadante se dispuser a mudar de área, hipótese considerada remota" – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo, 22-03-2015.

Pra fora

"De um deputado do PT, sobre Dilma ter negado uma reforma ministerial ampla: "Ela estava com a bola na marca do pênalti mas chutou pra fora. Aliás, ela é craque em perder pênalti" – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo, 22-03-2015.

Até tu?

"A irritação do ex-presidente se estendeu a João Santana. Lula fez diversas sugestões para o pronunciamento de Dilma no Dia da Mulher, que motivou panelaço em várias cidades do país, mas também não foi ouvido" – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo, 22-03-2015.

Recuar

"Jaques Wagner tem se preservado da disputa por espaço na articulação política e prefere não ir para o Palácio do Planalto agora" – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo, 22-03-2015.

– Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo, 22-03-2015.

Para avançar

"Petistas leem a cautela como estratégia para se lançar candidato à Presidência em 2018" – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo, 22-03-2015.

A reinvenção do PT

“O PT pretende lançar um novo manifesto do partido como forma de se recuperar de sua maior crise em 35 anos. O novo texto resgataria bandeiras como a ética na política e a aproximação com movimentos sociais. O documento deve incluir as mudanças no país após 12 anos de governo petista. O assessor especial da Presidência Marco Aurélio Garcia e o ex-ministro Gilberto Carvalho pilotam a elaboração do texto, que deverá ser debatido no Congresso do partido, em junho” – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo, 21-03-2015.

Do zero

“Uma ala dissidente busca adesões para passar a defender a "refundação" do PT, palavra que dá urticárias na direção da sigla” – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo, 21-03-2015.

Outsiders

“A ideia de refundar o PT, inclusive reivindicando o uso da sigla na Justiça, é encabeçada pelo ex-deputado federal Paulo Delgado (MG), hoje sem mandato” – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo, 21-03-2015.

Velha guarda

“O ex-ministro da Casa Civil Antonio Palocci era um dos presentes no encontro promovido por Lula em seu instituto na semana passada para discutir o cenário pós-manifestações” – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo, 21-03-2015.

Fonte: IHU Online

Comentários

Publicidade