Publicidade

Frases do dia 16/01/2015: Coletânea IHU Online


Lula e Felipão

"Ele (Lula) vai correr o risco de deixar de ser o Felipão que ganhou a Copa em 2002 para virar o que tomou 7 a 1?" – um petista que acha que Lula não deve ser candidato em 2018 justifica que o ex-presidente só tem a perder num novo mandato – Folha de S. Paulo, 16-01-2015.

Chão...

“Miguel Rossetto (Secretaria-Geral), Manoel Dias (Trabalho), Carlos Gabas (Previdência) e Nelson Barbosa (Planejamento) desembarcam em São Paulo no mesmo dia para tentar reduzir o mal-estar com as centrais sindicais pela mudança nos benefícios trabalhistas” – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo,16-01-2015.

... de fábrica

“Os sindicalistas querem negociar a redução da carência de seis meses de trabalho imposta pelo governo para a concessão do seguro-desemprego” – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo,16-01-2015.


Cura de aldeia

“Francisco tem cabeça e postura de cura de aldeia, não de papa. Suas entrevistas ambíguas são detestáveis. O jesuíta leu mal São Paulo e não sabe que cítara e flauta têm de soar de modo distinto. Suas opiniões sobre o atentado e a liberdade de expressão são covardes, imprecisas e politiqueiras. Deveria se esconder debaixo da cama com Barack Obama para conversar sobre o nada. Ainda bem que nenhum católico vai tentar me dar mil chicotadas por isso” –Reinaldo Azevedo, jornalista – Folha de S. Paulo, 16-01-2015.

Olímpico

“Luis Favre, ex-marido de Marta Suplicy (PT-SP), não deu destaque no seu compilado de notícias no Twitter às declarações da senadora contra o partido. No domingo, ele abriu seu "jornal" na rede social com um link para reportagem sobre escravidão na Venezuela e vários sobre a manifestação antiterror na França” – Mônica Bergamo, jornalista – Folha de S. Paulo, 16-01-2015.


Olímpico 2

“Entre os 53 tuítes e retuítes feitos pelo franco-argentino ao longo do dia no seu perfil, três faziam referência ao assunto político mais comentado do dia no Brasil. E as três referências ao desabafo de Marta eram todas do ponto de vista dos petistas atacados, e não do da ex-ministra. Um deles com o título: "Para PT, Marta tem mágoas e visa à Prefeitura em 2016" – Mônica Bergamo, jornalista – Folha de S. Paulo, 16-01-2015.

Antirreligião

"Boa parte da população francesa se mostra identificada com um órgão da imprensa que tem proposta secular e antagônica às religiões, e que insulta todas elas. O que se vê não é um movimento de anti-islamismo, mas antirreligião. Ao adotar esse slogan (Je suis Charlie), vemos pessoas se associando à ideia de não religião em nome da liberdade de expressão" - Paulo Freston, professor catedrático de religião e política na Universidade Wilfrid Laurier, Waterloo, Canadá - Valor, 16-01-2015.

No mais

“Quem chamou a atenção foi o historiador Alberto da Costa e Silva, a propósito do ataque ao “Charlie Hebdo”. Voltaire escreveu, em 1763, “Le fanatisme ou Mahomet, le Prophete”. Na tragédia, o personagem manda matar um de seus críticos, defensor da liberdade de opinião” – Ancelmo Gois, jornalista – O Globo, 15-01-2015.

Trincheira

“Derrotado nas eleições para governador (RN), o presidente da Câmara, Henrique Alves, e seus pleitos viraram prioridade do vice Michel Temer. A direção do PMDB ainda trabalha para fazê-lo ministro, mas, até lá, seu interesse imediato é manter o Dnocs sob sua influência. O presidente hoje é um quadro do seu time, Walter Gomes de Sousa” –Ilamar Franco, jornalista – O Globo, 15-01-2015.

Fonte: IHU Online

Comentários

Publicidade