Publicidade

Petrolândia: Situação caótica faz com que produtores rurais realizem mutirão para desobstruir o canal de abastecimento às Agrovilas da Reta


Sofrendo com a falta de água nas suas propriedades, os trabalhadores chegaram cedo para desobstruir o canal (Fotos: Assis Ramalho) 

''O que está faltando é manutenção", diz o agricultor Edmilson José dos Santos, apontando para o canal

Prefeito Lourival Simões fez visita ao local e conversou com os produtores rurais




Prefeito Lourival Simões providenciou uma  retroescavadeira que chegou ao local por volta do meio dia

Na manhã desta quinta (02), recebemos a informação que a represa de Itaparica entrou em colapso, com seca no canal que abastece a irrigação das agrovilas da Reta, na zona rural. Nossa reportagem dirigiu-se à estação de bombeamento 1, lá constatando que o canal não secou, e sim, foi obstruídos por assoreamento, creditado pelos agricultores à falta de manutenção pela empresa contratada pela Codevasf para dar assistência aos produtores de Petrolândia. Por volta do meio dia, o sistema de bombeamento voltou a operar, graças à ação dos agricultores, que realizaram o serviço usando enxadas e pás.

Nossa reportagem conversou com o agricultor Edmilson José dos Santos, popularmente conhecido por Coco. Ele disse que, para evitar maiores prejuízos, com a perda da produção por falta de água, os produtores fizeram um mutirão para limpeza do canal. "Assis, isso é uma vergonha, a gente ter que fazer um serviço que era pra eles (referindo-se à empresa Plena) fazerem. O que está faltando aqui não é água, porque água tem. O que falta é simplesmente manutenção", disse Edmilson, acrescentando que os produtores dos mais de 90 lotes foram prejudicados pela falta de água, iniciada no dia anterior, e muitos vão perder a safra por completo.

Para o produtor Lúcio Antônio da Silva, o maior descaso é que ninguém da terceirizada avisa quando vai suspender o fornecimento da água. "Se pelo menos eles avisassem o dia em que iria desligar a bomba, a gente poderia se programar, mas isso não acontece, Quando a gente menos espera, a água é cortada e haja prejuízo pra todos nós", disse o agricultor, em tom de revolta.

Também bastante revoltado estava o agricultor Antônio Rosa, produtor da Agrovila 08 da Reta. Estou com mais de três hectares de abóbora morrendo por falta d'água. É revoltante a gente saber que a água não estava chegando nas nossas propriedades por falta de uma simples limpeza no canal, coisa que em menos de duas horas nós fizemos com as nossas próprias mãos", disse.

O agricultor Gerivan já estava pensando nas dívidas que tinha que quitar nas casas comerciais em que comprou os produtos para manutenção de sua roça. "Estou com dois hectares de melancia plantada, e se não tiver a água, o prejuízo vai ser total. Aí eu pergunto, será que o comerciante que me vendeu vai me perdoar? Claro que não. E quem vai pagar o meu prejuízo e o de muitos que estão na mesma situação que a minha?", indagou Gerivan.

A nossa reportagem conversou com Dr. Sérgio Carvalho, gerente executivo da Plena Consultoria e Projetos. Segundo ele, a responsabilidade maior é da Codevasf. ''Nós assumimos apenas a partir de março e a gente só pode fazer a manutenção com a autorização da Codevasf'", disse Dr. Sérgio. Ele acrescentou que a Codevasf já fez licitação de contrato emergencial para realizar a limpeza do canal. "A Codevasf já fez licitação para limpeza dos canais de aproximação das estações de bombeamento dos projetos da borda do lago de Pernambuco, Barreiras, Blocos 01 e 02, Apolônio Sales, Icó Mandantes, Blocos 03 e 04 e Manga de Baixo", complementou.

Por volta das 10 horas, o prefeito Lourival Simões chegou ao local, e imediatamente providenciou a vinda de uma retroescavadeira, que chegou ao local por volta do meio dia, imediatamente sendo dado o início à desobstrução do canal. 

O gerente executivo da Plena, Dr. Sérgio se comprometeu a providenciar uma segunda retroescavadeira e uma escavadeira hidráulica, ainda nesta quinta-feira, para agilizar o serviço.

Sobre o polêmico assunto, a nossa reportagem fez entrevista com o prefeito Lourival Simões.

Para ver fotos, clique>Produtores fazem mutirão para desobstruir o canal de abastecimento às Agrovilas da Reta 

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Assis Ramalho

Comentários

Publicidade