Publicidade

Frases do dia 24/10/2014: Coletânea IHU Online


Jean Willys denuncia pastor que difundiu notícia falsa

“O deputado federal Jean Willys entrou com uma queixa na Polícia Federal contra a Rede Promessa e seu líder, o pastor Davi Morgado, porque o site do grupo evangélico retransmitiu texto do site de humor "O Sensacionalista", como se fosse verdade. O site humorístico publicou que "Bancada gay lança projeto de lei para proibir casamento evangélico". Isso foi o bastante para o grupo religioso concluir que Jean Willys estava envolvido com o caso pelo fato de atuar em defesa dos direitos dos homossexuais. Em post no Facebook, Jean Willys contou ter alertado o grupo religioso que a notícia era fictícia, mas não lhe deram ouvidos” – Jorge Antonio Barros, jornalista – O Globo, 23-10-2014.

Lenha na fogueira

“Reservadamente, petistas avaliam que o acirramento do discurso de Lula foi fundamental para reacender a militância na reta final da eleição” – Bernardo Mello Franco, jornalista – Folha de S. Paulo, 24-10-2014.

Pelo empate

"Os dilmistas dizem que a presidente não precisa vencer o debate de hoje. Bastaria não cometer nenhum deslize grave e deixar o tempo correr" – Bernardo Mello Franco, jornalista – Folha de S. Paulo, 24-10-2014.

O retorno

“José Dirceu, condenado e preso no mensalão, pediu ajuda à cúpula do PT após o primeiro turno. O ex-ministro quer dinheiro para saldar dívidas de campanha do filho, o deputado reeleito Zeca Dirceu (PT-PR)” – Bernardo Mello Franco, jornalista – Folha de S. Paulo, 24-10-2014.

Ajuda de cima

"Até agosto, o parlamentar declarou ter recebido R$ 617 mil da direção nacional do PT, mais de 60% do total de suas receitas. Mas ainda faltava muito para cobrir o teto de gastos, estimado em R$ 4 milhões" – Bernardo Mello Franco, jornalista – Folha de S. Paulo, 24-10-2014.

Conselhos

"Eu falei para não bater muito na Marina, não deixar ela fugir, e ela fugiu; eu falei para não bater muito no Eduardo Campos, não deixar ele fugir e deixaram ele fugir; eu falei para não deixar o PSB fugir, e ele fugiu” – Lula, ex-presidente da República – Valor, 24-10-2014.

Não presta?

"Marina passou 25 anos com a gente, e agora não presta?" – Lula, ex-presidente da República – Valor, 24-10-2014.

Queixa

"Ela não me ouve", repetiu a mais de um interlocutor. Dilma ouviria mais João Santana que ele, Lula” - Andrea Jubé e Raymundo Costa, jornalistas – Valor, 24-10-2014.

Maluf e Pitta

"Se eu não conhecesse a capacidade do Lula em negociar, sua tolerância, eu diria que estaríamos numa situação muito semelhante ao que aconteceu entre o Maluf e o Pitta e entre o Quércia e Fleury" – um amigo do ex-presidente Lula – Valor, 24-10-2014.

Lula e Dilma

“Se Lula teve papel decisivo na campanha, isso ficará público quando se abrirem urnas como as de Pernambuco e São Paulo. Fato é que atraiu para si "a ira da direita", desgastou-se fisicamente mais que no primeiro turno e vai querer sim influir mais no próximo governo, se Dilma ganhar no domingo um mandato para chamar de seu, como acredita. Ele e o PT” - Andrea Jubé e Raymundo Costa, jornalistas – Valor, 24-10-2014.

Camisa

“Não estou fazendo campanha para nenhum candidato. Posto coisas no Facebook, sempre tomando cuidado para não cair na polarização [PT x PSDB]. As pessoas vestem a camisa do seu candidato como se fosse um time de futebol e não refletem mais. Prescindem de consciência própria” – Letícia Sabatella, atriz – Folha de S. Paulo, 24-10-2014.

Cegueira

“É dessa maneira (campanha do ódio) que aconteceu o nazismo, o fascismo. As pessoas ficam cegas. Tudo tem prós e contras. Eu tenho críticas a várias coisas. Mas, de nenhuma maneira, tenho afinidade, em termos de ideal político, com o projeto do PSDB e do Aécio Neves” – Letícia Sabatella, atriz – Folha de S. Paulo, 24-10-2014.

Wagner Moura

“Eu ouvi de amigo, de pessoas confiáveis: Ah, o Wagner (Moura) vai votar Aécio'. Só agora fui saber que não. Levou uma semana para eu perceber que era mentira. Não tinha visto a nota no jornal desmentindo” – Letícia Sabatella, atriz – Folha de S. Paulo, 24-10-2014.

Baixaria

"A Globo é uma casa de respeito, não pode baixaria. Soco, só da cintura pra cima" - José Simão, humorista - Folha de S. Paulo, 24-10-2014.

Morder não pode!

"Cuspir, pode! Morder não pode! Beliscar e mostrar a língua pode! Não pode usar a expressão: "no que se refere". Então a Dilma vai ficar muda. Não pode usar a palavra "mentira". Então o Aécio vai ficar mudo!" - José Simão, humorista - Folha de S. Paulo, 24-10-2014.

Indecisos

"E as perguntas serão apenas dos indecisos. Já imaginou: "O senhor quer perguntar o que?". "Ah, não sei, tô indeciso". "A senhora quer perguntar pro Aécio ou pra Dilma?". "Uhn, ahn... Tô indecisa. Posso perguntar pra Marina?" - José Simão, humorista - Folha de S. Paulo, 24-10-2014.

Marina

"Aliás, a Marina devia ser a animadora da ala dos indecisos" - José Simão, humorista - Folha de S. Paulo, 24-10-2014.

'E você, não vai me abraçar?', pergunta Papa Francisco a um carioca

"Os cariocas Barbara Cavalcante e Henrique Pereira se casaram recentemente no Vaticano e receberam as bênçãos do Papa Francisco - coisa raríssima. Barbara conta que, na hora H, ela não se aguentou e quebrou o protocolo. "Dei um abraço nele", conta. "O Papa aceitou e foi muito gentil. Normalmente, ele só dá a mão para você beijar", diz. O Pontífice foi além: "E você, não vai também me dar um abraço?", perguntou ele a Henrique, já abrindo os braços. O Papa, "uma simpatia", tentou falar em português e disse que adorou o Brasil. "Esse encontro marcou nossas vidas para sempre", diz Barbara, que levou parentes e amigos à Itália para a cerimônia comandada por Padre Jorjão, da Igreja Nossa Senhora da Paz" - Guilherme Scarpa, na coluna "Gente Boa" - O Globo, 23-10-2014.

Lula fica na suíte mais cara do Copacabana Palace

“Citada pelo site especializado Web Luxo como a terceira suíte de hotel mais cara do país, a "penthouse" tem 300 metros quadrados, terraço privativo e piscina de pastilhas pretas (detalhe que lhe conferiria um ar de "exclusividade"). A diária custa R$ 7 mil e inclui os serviços de um mordomo” - Guilherme Scarpa, na coluna "Gente Boa" - O Globo, 23-10-2014.

Frei David é Dilma

“Frei David, o das cotas para negros, conta que, no encontro da Educafro, domingo, com cerca de 1.200 pessoas, em São Paulo, muita gente que sempre votou no PT dizia que tinha vergonha de usar o adesivo de Dilma. “Eu me comprometi, após a eleição, a fazer uma carta aberta ao PT exigindo a refundação do partido ou eu nunca mais iria me empenhar por seus candidatos” – Ancelmo Gois, jornalista – O Globo, 23-10-2014.

A maior queixa...

"Segundo ele, a grande reclamação é sobre a corrupção no governo" – Ancelmo Gois, jornalista – O Globo, 23-10-2014.

A morte do mestre

"A Comissão Nacional da Verdade exumou, ontem, os restos mortais de Anísio Teixeira (1900-1971), no Cemitério São João Batista, em Botafogo. A família do nosso grande educador acompanhou os trabalhos. É que muita gente desconfia que sua morte não tenha sido acidental.

Foi assim...

Seu corpo apareceu no fosso do elevador do prédio, em Botafogo, onde morava seu amigo Aurélio Buarque de Holanda, a quem, em campanha por uma vaga na ABL, tinha ido fazer uma visita protocolar. Como não havia sinais de queda, surgiu a suspeita que ele teria sido morto por ação de agentes da ditadura" – Ancelmo Gois, jornalista – O Globo, 23-10-2014.

Medo

“O PSDB tinha que entrar rasgando a presidente Dilma no segundo turno. todo candidato que faz campanha propositiva é porque tem medo” - assessor das candidaturas de Eduardo Campos e Marina Silva, que atua na área de Marketing – O Globo, 23-10-2014.

Fonte: IHU Online

Comentários

Publicidade