domingo, 1 de junho de 2014

Frases do dia 1º/06/2014: Coletânea IHU On-Line

Operação Odor Fétido

"Dilma vai desembarcar na nova área do Terminal 2 do Galeão amanhã. O ministro Moreira Franco veio antes e deu um ultimato: quer o lugar bem cheiroso. É que... Na terça, o ministro Augusto Nardes, presidente do TCU, afirmou que os banheiros dos aeroportos brasileiros “continuam fedorentos” - Ancelmo Gois, jornalista - O Globo, 31-05-2014.

É bem verdade...

"Mestre Carlos Drummond de Andrade disse certa vez: “O mau cheiro é um perfume falsificado que faz questão de aparecer como autêntico" - Ancelmo Gois, jornalista - O Globo, 31-05-2014.

Assim não é possível

"Dilma ficou irritada quando soube que o ônibus que transportava os jogadores rumo à Granja Comary, segunda passada, foi cercado por manifestantes na saída do Rio. Por causa disso, o desembarque da seleção da Austrália, quarta, em Vitória, reuniu 800 seguranças" - Ancelmo Gois, jornalista - O Globo, 31-05-2014.

Praia particular, não...

"Aliás, a prefeitura de Vitória não autorizou que o Hotel Senac, na badalada Ilha do Boi, em Vitória, cercasse a praia com alambrados para que os jogadores da seleção australiana tivessem privacidade" - Ancelmo Gois, jornalista - O Globo, 31-05-2014.

Gratidão

"Ninguém, quando voltar do Brasil, sairá daqui e levará na mala estádio, aeroporto, obras de mobilidade urbana, como BRTs [transporte rápido por ônibus] e metrôs. Sabe o que eles podem levar? A gratidão, pela forma como foram tratados. Isso eles levam na mala. O resto fica aqui, para nós" – Dilma Rousseff, presidente da República – Folha de S. Paulo, 31-05-2014.

Desigualdade

“Em um levantamento sobre a remuneração global dos administradores das 50 maiores empresas da Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo), constato que o restrito grupo de 400 diretores terá a remuneração anual média per capita de R$ 4,2 milhões em 2014, contra uma de R$ 27 mil dos empregados formais e de R$ 9.400 dos trabalhadores de salário mínimo” – Cláudio Salvadori Dedecca, professor titular da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas – Folha de S. Paulo, 31-05-2014.

Falta de vergonha

“Apesar da escandalosa desigualdade presente no mercado de trabalho brasileiro, os interesses conservadores não têm a mínima vergonha e ética de atacar uma política moderada de salário mínimo, produto de um exercício democrático e republicano inédito” – Cláudio Salvadori Dedecca, professor titular da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas – Folha de S. Paulo, 31-05-2014.

Salário mínimo

“Para o Brasil crescer e reduzir efetivamente a desigualdade, a lógica e os fatos recomendam uma modificação na fórmula atual e um atrelamento dos reajustes do salário mínimo aos ganhos de produtividade” – José Pastore, professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, presidente do Conselho de Emprego e Relações do Trabalho da Fecomercio-SP (Federação do Comércio do Estado de São Paulo) – Folha de S. Paulo, 31-05-2014.

Salário mínimo 2

“No dia Primeiro de Maio, a presidente Dilma Rousseff decidiu prometer a manutenção da fórmula atual. A gula por votos falou mais alto do que a lógica e o bom senso. Isso levou os demais candidatos a prometer a mesma coisa, deixando de lado os destinos na nação para garantir um bom resultado na eleição. Lamentável!” – José Pastore, professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, presidente do Conselho de Emprego e Relações do Trabalho da Fecomercio-SP (Federação do Comércio do Estado de São Paulo) – Folha de S. Paulo, 31-05-2014.

Piketty

A Folha deveria parar de fingir que o livro de Thomas Piketty, "Capital no Século 21", representa alguma novidade. Trata-se de mais uma obra que demonstra ódio à propriedade privada e estimula a sanha confiscatória dos governos. Para ser honesto com seus leitores, o jornal poderia trazer análises feitas por economistas libertários de verdade. Colocar outros socialistas para discutir um livro socialista não corresponde a debate algum” – Daniel Moreno, (São Paulo, SP) - Painel do Leitor – Folha de S. Paulo, 31-05-2014.

O PT não é mais aquele

“As chapas petistas perderam as eleições para dirigir os fundos de pensão dos funcionários do BB (Previ) e da Caixa (Funcef)” – Ilimar Franco, jornalista – O Globo, 31-05-2014.

Fonte: IHU On-Line

Nenhum comentário:

Postar um comentário