Publicidade

Assessor parlamentar de vereadora é executado a tiros na Prefeitura de Arapiraca(AL).

Imagens do sistema de videomonitoramento da Prefeitura de Arapiraca podem ajudar a polícia a esclarecer o assassinato do servidor público, José Marcolino Júnior, baleado no estacionamento do Centro Administrativo do município, no fim da manhã desta segunda-feira(01). A assessoria de comunicação da prefeitura confirmou que as filmagens de duas câmeras de segurança serão entregues à Polícia Civil. O conteúdo, por enquanto, é sigiloso.

José Marcolino Júnior era fiscal da Secretaria Municipal de Planejamento e trabalhava também como assessor parlamentar da vereadora Aurélia Fernandes (PMDB). Ontem, pouco depois das 11h30, ele saía da prefeitura quando foi atingido por dois disparos efetuados por um pistoleiro.

Para ler a matéria completa, clique em "mais informações" abaixo.



O crime foi presenciado por várias pessoas que estavam na feira de veículos usados que acontecia ao lado do local. Uma dessas testemunhas contou para a Gazeta que um Uno preto estava parado ao lado do carro de José Marcolino, um Gol prata. Assim que o servidor público entrou no carro, um homem desceu do Uno, usando capacete de motociclista, segurando uma arma.

O pistoleiro deflagrou dois tiros, depois abriu a porta do Gol, entrou, e atirou pela terceira vez. Em seguida, voltou para o Uno e fugiu. De acordo com a testemunha, a vítima percebeu a aproximação do assassino e tentou escapar passando para o banco do lado do passageiro, onde foi atingido pelos disparos, antes que pudesse abrir a porta. Um deles atingiu a têmpora do lado esquerdo e o outro perfurou o pescoço.

Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Fonte: Gazeta de Alagoas

Comentários

Publicidade