quinta-feira, 12 de abril de 2018

Vereadores de Serra Talhada discutem projeto de Gonzaga Patriota sobre Transposição do Tocantins para o São Francisco

Foto: Divulgação

O deputado federal Gonzaga Patriota, em sua incansável luta para salvar o "Velho Chico", participou nesta quarta-feira (11) em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, de uma audiência pública que trata da Interligação do Rio Tocantins com o Rio São Francisco. A audiência teve como objetivo debater o  projeto de lei nº 6569/13 de sua autoria, que trata da transposição do rio Tocantins, que já foi aprovado por unanimidade pela Câmara dos Deputados e aguarda apreciação do Senado.

O projeto também prevê a inclusão no Plano Nacional de Viação e Obras, da interligação entre o Rio Tocantins e o Rio Preto, com o propósito de assegurar a navegação desde o Rio São Francisco até o Rio Amazonas. No projeto, o canal da transposição tem uma extensão total de 733 km, sendo 220 km de obras e 513 km por gravidade, a partir do Rio Tocantins, passando pela região sudeste do Estado até chegar à região da Garganta, no município de Formosa/BA, de onde seguirá pelo leito do Rio Preto até o Rio Grande por 315 km e, a partir deste ponto, por mais 86 km até desaguar no Rio São Francisco, no município de Barra/BA.

Devido às sucessivas estiagens no Sertão Nordestino, sendo a atual uma das maiores, a transposição do Rio São Francisco está seriamente ameaçada de entrar em colapso. Uma vez que a Transposição do Rio S. Francisco está quase concluída, após muitos bilhões de reais investidos, uma medida que pode atenuar ou dar suporte à demanda requerida seria a transposição do Rio Tocantins, com a finalidade de reforçar o nível de água da Barragem de Sobradinho. O Projeto de Integração do Rio São Francisco tem por objetivo garantir a segurança hídrica para mais de 390 municípios do Nordeste Setentrional, distribuídos nos estados de PE, PB, RN e CE. De acordo com o governo federal, 390 cidades serão abastecidas pelas águas da transposição até 2025. O volume mínimo de água garantido aos estados beneficiados será de 26,4 metros cúbicos por segundo. Mas, dependendo da situação do rio São Francisco, essa vazão poderá atingir 128 metros cúbicos por segundo, mais do que o dobro do volume do Sistema Cantareira, que abastece cerca de 6 milhões de pessoas na capital paulista.

O acesso à água, porém, não depende apenas dos 480 quilômetros de canais, reservatórios, aquedutos e túneis que os dois eixos principais abrangem e serão entregues pelo governo federal. Um conjunto de outras obras complementares, a maioria sob a responsabilidade dos estados, será necessária para dar capilaridade à distribuição. Está prevista uma rede de mais de 1 000 quilômetros de adutoras e ramais para a água chegar as torneiras das cidades.

Afirmou o parlamentar socialista: “Como morador nas margens e modesto conhecedor do Rio São Francisco, temos percorrido o seu trajeto, de Pirapora até Petrolândia, no lago de Itaparica e, vendo a diminuição do seu volume de água a cada ano que se passava, considerando estarrecedora e preocupante a situação de um dos rios mais importantes do Brasil, essencial para milhões de pessoas, em particular, os que residem no interior do nordeste brasileiro, como parlamentar, não dando mais para assistirá impassível à morte desse gigante maltratado, em 1995, apresentamos o Projeto de Lei nº 250/95, reapresentado, em 2013, através do Projeto de Lei nº 6.569/2013, aprovado por unanimidade na Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados, para interligar o Rio Tocantins ao rio São Francisco, para que ele possa continuar desenvolvendo a região nordeste do Brasil”.

Além do dep. Gonzaga Patriota, autor do projeto, participaram da audiência pública na câmara de vereadores de Serra Talhada, o prefeito da cidade, Luciano Duque, do PT, o vereador que indicou o encontro, André Maio, o presidente da câmara de vereadores de Serra Talhada, Nailson Gomes, os vereadores de Serra Talhada, Antônio de Antenor, Agenor de Melo Lima; da Caiçarinha da Penha, Manoel enfermeiro, APinheiro do São Miguel e Paulo Melo; o ex-vereador de Serra Talhada, Pessival Gomes, o presidente do sindicato Rural de Serra Talhada, Flaviano Marques (Fabinho), o presidente do clube lojista de Serra Talhada, Marcos Godoy, o médico Dr. Fonseca. Também estavam presentes Ronaldo Sousa e Pastor Alex de Jesus, vereadores de Petrolina, o pré-candidato a dep. estadual, Alvinho Patriota e a vereadora de Salgueiro, Paizinha Patriota, além de demais e lideranças políticas.

Deputado Federal Gonzaga Patriota
Assessoria de imprensa


0 comentários:

Postar um comentário