sexta-feira, 6 de abril de 2018

Sem terra bloqueiam rodovia federal em Alagoas em defesa de Lula


Trabalhadores rurais sem terra bloquearam na manhã desta sexta-feira (6), um trecho da rodovia BR-101, próximo à cidade de Teotônio Vilela, em defesa do ex-presidente Lula (PT). Ligados ao Movimento Via do Trabalho (MVT), eles protestam contra a ordem de prisão expedida pelo juiz federal do Paraná, Sérgio Moro, ao petista nesta quinta-feira (5).

O juiz determinou que Lula se entregue até às 17h desta sexta na sede da Polícia Federal (PF) em Curitiba.

Segundo Marcos Antônio, conhecido como Marrom, da coordenação do MVT, o bloqueio é fruto de “arbitrariedades” cometidas contra o ex-presidente.

“Estamos de prontidão, na defesa da democracia. A prisão de Lula é uma afronta, pois temos outros nomes com provas cabais, mas que estão livres e nem serão presos. O que há contra Lula só é disse me disse, achismo e assim questionamos quais são as provas que há contra ele?”, questiona Marrom.

Ainda de acordo com o coordenador do MVT, o bloqueio da BR-101 é o primeiro de uma série e outros serão realizados ainda nesta sexta-feira.

“Estamos nos organizando para bloquear outros trechos da BR-101. Bloquearemos também trechos da BR-104, ou seja, fecharemos as entradas e saídas de Alagoas para defender a democracia”, destaca.

Outros bloqueios de rodovias também estão sendo realizados por movimentos sociais ligados ao campo Brasil afora.

G1 AL


0 comentários:

Postar um comentário