quarta-feira, 4 de abril de 2018

Sagui que sofreu choque elétrico tem o braço direito amputado no Cetas Tangara

Cirurgia foi realizada na tarde desta quarta-feira no Cetas Tangara, da CPRH (Foto: Divulgação/CPRH)

O sagui-de-tufo-branco (Callithrix jacchus) que sofreu um choque em um poste de alta tensão no município de São Lourenço da Mata, na manhã da terça-feira (3), teve que ser submetido a uma cirurgia para amputação do braço direito, na tarde desta quarta (4). O procedimento foi realizado na clínica veterinária do Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH). O primata segue em processo de recuperação, após as graves queimaduras que recebeu.

A cirurgia foi decidida após constatação de que a exposição óssea que sofreu foi muito forte e extensa, não havendo possibilidade de recuperação. Ainda na terça, antes de ser levado ao Cetas Tangara, o animal recebeu cuidados médicos no Hospital Veterinário da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). A médica que o atendeu na unidade universitária esteve no Centro de Triagem da CPRH para uma avaliação, nesta quarta, quando decidiu-se pela necessidade da amputação, e participou do procedimento. O sagui seguir é em observação.
O acidente ocorreu numa área próxima à Arena Pernambuco. Um barulho na mata provocado por animais de médio porte assustou um grupo de uns seis saguins que estavam no local. Todos se afastaram pela mata, mas um deles subiu num poste de alta tensão e levou o choque, caindo no chão. O biólogo Sérgio Correia, que trabalha num projeto de reflorestamento na área, resgatou o animal e teve a iniciativa de, imediatamente, procurar ajudar o primata, transportando-o em sua moto para um lugar onde pudesse ter atendimento médico. Após os cuidados no Hospital Veterinário da UFRPE, Correia levou o sagui ao Cetas.

Núcleo de Comunicação Social e Educação Ambiental - NCSEA
Agência Estadual de Meio Ambiente - CPRH


0 comentários:

Postar um comentário