quinta-feira, 5 de abril de 2018

Em defesa de Lula, Presidente da CUT-PE diz que fará 'abril vermelho'

Carlos Veras - presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT) em Pernambuco (Foto: Arquivo BlogAR)

Em mobilização no pátio da Câmara dos Vereadores do Recife, no Centro da capital pernambucana, para acompanhar o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta (4), sobre o pedido de habeas corpus ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente da Central Única dos Trabalhadores de Pernambuco (CUT-PE), Carlos Veras, afirmou que será feito um "abril vermelho", intensificando as ações e manifestações a favor do petista. A declaração foi feita logo após o voto da ministra Rosa Weber contra o pedido de habeas corpus.

"Se eles acham que vão nos calar, nos prender, que a gente vai voltar para casa e amanhã não teremos coragem de sair na rua, estão muito enganados", disse Veras. "Em cada plenária da CUT, em cada ação, vamos intensificar nossas mobilizações. Vamos ´envermelhar´, e eles vão ver a reação da classe trabalhadora, que não vai se calar", acrescentou.

Leia também
Ainda segundo o presidente da CUT-PE, o ex-presidente Lula está sendo injustiçado. "Não tem coisa pior do que ser condenado injustamente, de ser perseguido e de estar sendo colocado no banco dos réus sem ter cometido nenhum crime, apenas porque fez com que o trabalhador e a trabalhadora tivessem vez nesse país", ressaltou.

Por: Folha/PE


0 comentários:

Postar um comentário