sexta-feira, 6 de abril de 2018

Polícia apreende armas, dinamite e 1,4 mil munições em Lajedo, Agreste de Pernambuco

A PC revela que todo o material somado daria mais de 1 milhão de reais
 

A Polícia Civil (PC) apreendeu armamentos de uma organização criminosa, que poderia ser comparado a de uma verdadeira guerrilha. Foram encontradas 1,4 mil munições, mais de 200 bananas de dinamites, armas carregadas, dez baldes cheios de grampos, R$ 101 mil, coletes à prova de balas e quatro veículos de luxo blindados. A ação foi divulgada nesta sexta-feira, na sede da PC.

Todo o material estava em uma casa no loteamento Bom Jesus, no município de Lajedo, Agreste de Pernambuco. A corporação acredita que o grupo faria uma ação criminosa nos próximos dias, já que os carros estavam com tanques cheios e as armas carregadas.

A constante ação a carros fortes e bancos no interior do estado, fez com que o núcleo de inteligência do nono batalhão desse início a uma investigação junto com a PC intitulada Operação Força no Foco. Nela foi descoberto uma quadrilha, possivelmente interestadual. Com isso, o juíz André Simões expediu um mandado de busca e apreensão. A suspeita era de que pessoas utilizavam a casa para guardar objetos utilizados em ações criminosas.

A PC revela que todo o material somado daria mais de um milhão de reais. A corporação não descarta a possibilidade do grupo estar envolvido na ação que explodiu a sede da Brinks, no Recife. Ao todo, entre policiais civis, militares e policiais cientificos trabalharam 50 pessoas na ação.

Por Diário de Pernambuco


0 comentários:

Postar um comentário