terça-feira, 10 de abril de 2018

Operação da PF de Alagoas investiga funcionários fantasmas na Assembleia Legislativa

Na operação,pelo menos nove deputados e um ex-deputado de Alagoas foram relacionados ao desvio de R$ 150 milhões da ALE.

A Polícia Federal (PF) realiza na manhã desta terça-feira (10) a Operação Malacafa, em Maceió, Batalha e Jacaré dos Homens. Os alvos são políticos e pessoas supostamente envolvidas em um esquema de funcionários fantasmas na folha de pagamento da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE).

A reportagem do G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação da ALE, mas não conseguiu.

Estão sendo cumpridos 14 mandados de busca e apreensão, mas os nomes dos alvos da PF não foram divulgados. A ação é mais um desdobramento da Operação Sururugate e conta com a participação de 60 policiais federais.


Na operação Sururugate, deflagrada no ano passado, pelo menos nove deputados e um ex-deputado de Alagoas foram relacionados ao desvio de R$ 150 milhões da ALE.

Esta nova operação acontece menos de um mês depois da PF ouvir 17 pessoas denunciadas por José Márcio Cavalcante, o “Baixinho Boiadeiro”, como sendo “laranjas” em um esquema de desvio de dinheiro na ALE. Baixinho é filho de Neguinho Boiadeiro, assassinado em novembro de 2017.

G1 AL


0 comentários:

Postar um comentário