segunda-feira, 9 de abril de 2018

Na Amcham-Recife, Armando debate soluções para melhorar a economia do País

Foto: Leo Caldas/Divulgação

O senador Armando Monteiro (PTB-PE) destacou, nesta segunda-feira (9), durante o Special Meeting, evento organizado pela AMCHAM-Recife e que reuniu gestores de indústrias de Pernambuco, a necessidade cada vez maior de o setor privado e o Congresso Nacional dialogarem para constituir uma agenda que conduza à desburocratização e à simplificação da economia no Brasil. Para Armando, essa união vai melhorar o ambiente de negócios em todo o País e representará em ganhos de produtividade para as empresas. Temas ligados à economia Pernambuco também estiveram na pauta do petebista durante a reunião.

"No Brasil, as empresas padecem por conta da burocracia, do elevado custo de financiamento das suas operações e de um ambiente tributário disfuncional e complexo. Conversamos sobre esse momento da economia brasileira, especialmente na visão do Congresso Nacional, e aquilo que pode representar a contribuição do Congresso para melhorar o ambiente de operação das empresas", frisou Armando.

No encontro, o senador apresentou algumas das ações desenvolvidas pelo Grupo de Trabalho (GT) de Reformas Microeconômicas do Senado. Segundo Armando Monteiro, que coordena o GT no âmbito da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), o objetivo desse fórum é criar as condições para melhorar o ambiente de negócios em todo o País.

Armando Monteiro ressaltou que o GT, após audiências públicas, selecionou projetos de lei que já tramitam no Senado e na Câmara dos Deputados e podem auxiliar na desburocratização da economia. Como exemplo, o senador citou as propostas que diminuem os spreads bancários e que implanta o Cadastro Positivo.

“É necessário que o setor empresarial estabeleça diálogo permanente com o Congresso Nacional. Quando as diferentes áreas do setor produtivo interagem com o Senado e Câmara, os congressistas se sintonizam com as reais demandas do segmento e trabalham juntos para melhorar o ambiente”, afirmou Armando.

Assessoria de Imprensa Senador Armando Monteiro


0 comentários:

Postar um comentário