terça-feira, 17 de abril de 2018

Integrantes do MST invadem sede da Rede Bahia, afiliada da Globo, e pedem liberdade de Lula, veja vídeo


De forma surpreendente e totalmente sem divulgação, integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) invadiram a sede da Rede Bahia, afiliada da Globo em Salvador, nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (17).

A sede da emissora fica localizada no bairro da Federação, na capital baiana. Os militantes chegaram de ônibus, por volta das 5 da manhã, e já adentraram a emissora, que não ofereceu maiores resistências.

O pedido era um só: a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso a dez dias após ter todos os recursos de sua condenação por corrupção serem esgotados.

Os gritos eram de “Lula Livre!” e “Ocupar, resistir!”. O grupo é de aproximadamente duzentas pessoas. O fato impressiona, pois o MST não tinha nenhum protesto marcado para esta terça.

Até o momento, não houve confronto entre seguranças e protestantes. A Polícia Militar também está no local. Em vídeo que já roda as redes sociais, os trabalhadores apenas gritam palavras de ordem no estacionamento do lado de dentro da emissora.

Em entrevista para a Rádio Metrópole, de Salvador, o dirigente nacional do MST, Evanildo Costa, afirmou que o movimento não tem hora para terminar. “Ocuparemos por tempo indeterminado. Agora somos mais de 180 pessoas e ocupamos o pátio e a recepção. Estamos denunciando o golpe no Brasil. A Rede Globo é responsável por esse golpe que vem destruindo o Brasil”, disse o dirigente.


Não é a primeira vez que o MST dá problemas para a Globo. No dia em que Lula teve seu sua prisão decretada pelo juiz Sérgio Moro, membros do movimento fizeram um protesto na sede da Globo em Brasília.

POR GABRIEL VAQUER
BOL


0 comentários:

Postar um comentário