segunda-feira, 16 de abril de 2018

Academia de Letras de Paulo Afonso empossa novos membros




Uma noite de reencontro de amigos, homenagens e música com a participação do violonista Rafael di Oliveira e do Coral Chesf, marcou a solenidade de posse dos membros correspondentes da Academia de Letras de Paulo Afonso, nesta sexta-feira, 13/4, no Memorial Chesf. Foram empossados os escritores: Edson Mendes de Araújo, Edvaldo Francisco Nascimento, Jaime Jackson Gomes Freire, Luiz Rubem Alcântara Bonfim e Murilo Geraldo de Siqueira.

O presidente da ALPA, Antônio Galdino, salienta que ‘dos cinco membros correspondentes que tomaram posse, alguns são naturais de Paulo Afonso e outros, embora vindos de outras cidades, possuem o Título de Cidadão Pauloafonsino, concedido pela Câmara Municipal, em reconhecimento pela contribuição que deram à cultura da cidade, no período em que aqui moraram’.

“Apesar de residirem atualmente em outras cidades e até em outras regiões mais distantes, todos continuam sendo cidadãos pauloafonsinos, e, portanto, merecem fazer parte da nossa Academia de Letras”, disse Galdino.


O professor Severino Alves de Lima, secretário de Educação, elogiou a organização do evento, cumprimentou os membros correspondentes empossados e disse que a iniciativa da ALPA provou que todos são capazes de contribuir com a cultura, através da arte escrita. “O público presente neste evento mostrou o crescimento cultural de Paulo Afonso, porque à medida que a ALPA cresce com a inclusão de novos escritores, evolui também a ideia de que escrever não é uma arte apenas para alguns, mas para todos que desejam expressar suas ideias”, comentou o secretário.

O escritor e cantor pauloafonsino, Jaime Jackson, que mora em Santos-SP, há 46 anos, se emocionou ao visitar sua terra natal, rever familiares e amigos e ainda receber o título de ocupante correspondente de uma cadeira na Academia de Letras. “O professor Galdino é um visionário, e mais uma vez nos surpreendeu, valorizando o enorme celeiro artístico de Paulo Afonso. Eu me sinto emocionado em me tornar membro da ALPA e agradeço por essa honraria”, concluiu.

Para Edvaldo Nascimento, natural de Paulo Afonso e residente em Delmiro Gouveia-AL há 30 anos, a integração promovida pela ALPA valoriza os escritores que moram em outras cidades, mas têm Paulo Afonso como uma referência para desenvolver sua arte. “Eu considero esta integração extremamente importante, porque Paulo Afonso é uma cidade de referência, na qual eu me orgulho de ter nascido. Como membros correspondentes da Academia de Letras, nós teremos oportunidade de interagir, trocar informações, e assim, divulgar a história da cidade e da região”, finalizou.

Em sua palestra, o professor Antônio Galdino homenageou as mulheres acadêmicas pela passagem do Março Mulher, e a Chesf – Companhia Hidroelétrica do São Francisco pelos seus 70 anos de criação, segundo ele, promovendo o desenvolvimento, não apenas de Paulo Afonso, mas de todo o Nordeste.

Após a solenidade no auditório, o evento continuou no salão anexo do Memorial, com exposição de quadros dos artistas plásticos Alcilvandes Santana e Murilo Brito, além de livros e cordeis escritos pelos participantes.

Representando o Poder Legislativo, estiveram presentes os vereadores Leda Chaves (PDT-2ª secretária) e Pedro Macário Neto (PP); o vice-presidente da ALPA, João de Sousa Lima; o gerente de Gestão da Chesf, Lázaro Galvão; líderes católicos e evangélicos e representantes de diversas instituições da cidade.

ALPA/PA4


0 comentários:

Postar um comentário