domingo, 4 de fevereiro de 2018

Zeca e Júlio Cavalcanti unidos com a oposição em São José do Egito


Os deputados Zeca Cavalcanti (federal) e Júlio Cavalcanti (estadual) tiraram o dia deste sábado (03) para participar de entrevistas em rádios e reunir-se com a oposição ao prefeito de São José do Egito, Sertão do Pajeú, Evandro Valadares (PSB). O grupo se prepara para reforçar a reeleição dos deputados trabalhistas agora em 2018.

Ao lado dos parlamentares os vereadores Antônio Andrade (PSB), presidente da Câmara Municipal e Aldo da Clips (PT), o ex-vice-prefeito Verginaldo Muniz (Naldinho), Ronaldo Muniz, entre outras lideranças e suplentes de vereador. Presentes ainda o ex-candidato a prefeito de Itapetim, Anderson Lopes; e o vereador de Afogados da Ingazeira, Zé Negão (PTB).

Durante as entrevistas nas rádios Cultura AM e Gazeta FM, os deputados abordaram desde temas nacionais as questões de Pernambuco e do município.


Questionado sobre o encontro da oposição em Petrolina, no sábado anterior, o deputado Zeca Cavalcanti disse que a reunião em Petrolina refletiu o grande desejo de mudança em Pernambuco. Citou a rejeição de 65% do governador Paulo Câmara (PSB), segundo pesquisa do Instituto Múltipla e afirmou que a oposição vinga e terá candidato competitivo. O parlamentar trabalhista ressaltou a importância dos outros nomes que compõe a oposição (Fernando Bezerra, Mendoncinha, Bruno Araújo), mas defendeu o nome de Armando Monteiro Neto (PTB) como candidato a governador pela sua experiência, capacidade de diálogo, inserção em todos os setores e liderança.

“O povo de Pernambuco está querendo realmente uma mudança. Esse rapaz foi colocado por Eduardo e não tinha nenhum preparo para governar sem Eduardo junto. Tem um secretário de Transportes que só faz obras para as áreas aonde ele tem, base, isso demonstra que falta liderança no governo. O secretário tem que ser do tamanho de Pernambuco e não de suas bases. As pesquisas já disseram que o povo não quer esse rapaz, porque não tem capacidade de gerência. Pernambuco é um estado que tem governo, mas não tem governador. Vive de propaganda falsa”, disse Zeca Cavalcanti.

Sobre a possível aliança do PT com o PSB, o deputado Zeca Cavalcanti disse estranhar, mas era uma decisão das legendas lembrando que o PSB votou a favor do impeachment da Dilma e para tirar o PT do Governo Federal. Sobre Marília Arraes (PT), disse que tinha todo o direito de pleitear uma candidatura e que isso seria importante para o eleitor, pois teria mais opções, embora a petista não fosse preparada para este momento que vive Pernambuco.

Para o Deputado Estadual Júlio Cavalcanti a oposição não vai fazer milagres, mas sim trabalhar com responsabilidade para, “sem mentiras ou propaganda enganosa como fez o governador durante a campanha eleitoral, que prometia dobrar os salários do professor e até hoje eles nunca tiveram ao longo de todos esses anos nem 15% de aumento”. Para Júlio, o novo Pernambuco precisa ter uma saúde com médicos valorizados e hospitais preparados para atender a população; professor qualificado e com melhor salário, o desenvolvimento precisa voltar e a segurança tão abandonada nos últimos anos precisa ser repactuada. Ele citou o descaso com a PE 275, cheia de buracos e remendos, prejudicando a todos que circulam pela rodovia.


“A oposição tem que ser transparente, mostrando o que podemos fazer e como fazer, sempre dialogando com a sociedade, assim também na segurança, aonde o governo cruzou os baraços e hoje Pernambuco vive um clima de guerra, superando até mesmo o Rio de Janeiro”. Para Júlio, “o grupo da oposição tem liderança, transparência e experiência para colocar Pernambuco de volta aos trilhos, mas sem milagres e sim com muito trabalho. Queremos um Pernambuco seguro, com justiça social e econômica”.

Sobre a gestão do prefeito Evandro Valadares, os parlamentares lamentaram a situação que São José do Egito vive hoje, com servidores com salários atrasados prejudicando o comércio e atrasando o desenvolvimento do município. Para Zeca Cavalcanti, que já foi prefeito por dois mandatos de Arcoverde, nada justifica uma cidade atrasar os salários dos servidores. Para Júlio Cavalcanti, a união desse grupo que está se formando, ao lado do deputado Zeca, vereadores e outras lideranças, vai trazer novos tempos a São José do Egito.

Os deputados lembraram que já garantiram para São José do Egito recursos da ordem da meio milhão de reais (R$ 500 mil) e que nas próximas semanas estão entregando máquinas que vão ajudar o homem e a mulher do campo, principalmente o pequeno produtor rural.

Antes de irem as rádios locais, os deputados Zeca e Júlio Cavalcanti participaram da solenidade que deu uma moção de aplausos ao Dr. Igor Farias, concedida pela Câmara de Vereadores.

Por: Assessoria Zeca Cavalcanti


0 comentários:

Postar um comentário