sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

União Nacional das Entidades de Comércio e Serviço repudia fim do parcelado lojista


A União Nacional das Entidades de Comércio e Serviço, Unecs repudia a proposta da Abecs ao Banco Central (conforme reportado do jornal Valor Econômico no dia 30 de janeiro) em relação à criação de um Crediário para pôr fim ao parcelamento sem juros feitos diretamente pelos lojistas.

A entidade entende que o parcelamento é uma importante ferramenta à disposição do empresário para definir suas estratégias de preço e condições de pagamento.

"Defendemos que a discussão sobre um assunto dessa relevância não pode avançar sem envolvimento dos representantes do setor de comércio e serviços, em especial daqueles que representam os pequenos e médios negócios. O parcelamento lojista atualmente representa a melhor e mais batata forma de estimular o consumo", afirma o presidente da UNECS, Paulo Solmucci.


Sobre a UNECS

Criada em 2014, a UNECS é formada por sete das maiores instituições brasileiras representativas da área do comércio e serviços: Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Confederação Nacional de Dirigentes e Lojistas (CNDL) e Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB).

ML&A Comunicação


0 comentários:

Postar um comentário