quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Governo Paulo Câmara tem encontro marcado com seu programa de governo, afirma Silvio


O governador Paulo Câmara terá, este ano, o último de sua gestão, um encontro marcado com as promessas feitas na campanha de 2014 e com o seu programa de Governo. A cobrança foi feita nesta quinta-feira (1º), pelo líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Silvio Costa Filho (PRB), durante a sessão que marcou o início da quarta sessão da atual legislatura.

Segundo o parlamentar, o atual governador do Estado chega ao final de seu mandato com menos de 30% de seu programa de governo cumpridos. “O BRT continua inconcluso, o Projeto de Navegabilidade do Rio Capibaribe segue parado, o corredor do VLT da Avenida Norte nunca saiu do papel, a promessa da tarifa única ainda não foi cumprida, as 20 unidades do Compaz sequer foram iniciadas, entre outras promessas”, listou.

Silvio também destacou a delicada situação fiscal enfrentada pelo Estado sob a atual gestão. “O PSB sempre pregou a retórica da eficiência fiscal, mas na prática da uma demonstração que o discurso não condiz com a realidade. Fechamos 2017 com mais de R$ 1 bilhão de restos a pagar; estamos prestes a estourar o limite de gastos com pessoal da Lei de Responsabilidade Fiscal, R$ 2,5 bilhões de déficit na previdência e com uma dívida consolidada de R$ 12,4 bilhões”, destacou o líder da Oposição.

O deputado destacou os problemas vividos no último ano: “Nos últimos anos o que assistimos foi a piora dos serviços prestados à população. Tivemos em 2017 o ano mais violento da história, com 5.527 assassinatos e cerca de 120 casos de roubos e assaltos; queda na qualidade do serviço de saúde, superlotação de hospitais e até paralisação de médicos e funcionários de UPAS por falta de salários, além da maior taxa de desemprego do País”, reforçou.

Em relação a 2018, o líder da oposição afirmou que a bancada vai continuar na mesma direção. “Até abril vamos realizar uma ação do Pernambuco de Verdade na Região Metropolitana do Recife e uma plenária no Recife para discutir com a população os problemas da região e as promessas não cumpridas, sobretudo na área de mobilidade, que não andou”, destacou.

Silvio também lamentou a ausência do governador Paulo Câmara e do vice-governador Raul Henry na cerimônia. “As ausências do governador e do vice-governador é um gesto de desatenção com o Poder Legislativo”, avaliou.

Assessoria de Imprensa Bancada de Oposição na Alepe


0 comentários:

Postar um comentário