domingo, 28 de janeiro de 2018

Tombamento de ônibus que saiu da BA para TO deixa sete mortos e 20 feridos

De acordo com a Polícia Militar, o motorista disse que os freios do veículo falharam. Acidente aconteceu no trevo de Novo Jardim, próximo à Dianópolis, na rodovia TO-040.

Sete pessoas morreram e 20 ficaram feridas, após um ônibus tombar em uma curva na TO-040, no trevo de Novo Jardim, próximo à Dianópolis. O acidente aconteceu na madrugada deste domingo (28), por volta da 1h. Inicialmente a informação era de que o veículo tinha capotado.

O ônibus é da empresa Real Maia e fazia a linha Barreiras (BA)-Palmas (TO). De acordo com a Polícia Militar, o motorista disse que os freios do veículo falharam.

Ambulâncias da região fizeram o transporte dos feridos, que a princípio foram levados para o Hospital Regional de Dianópolis. Em seguida, 7 deles foram transferidos para o Hospital Geral de Palmas. Uma mulher, em estado grave, foi transportada de helicóptero. Os demais foram liberados.
Entre as pessoas que morreram está a servidora Dilma Raimundo de Sousa, que trabalhava no Banco do Empreendedor do Tocantins. Em nota, a instituição lamentou a perda. "Tivemos o privilégio de ter grande parte de sua vida compartilhada conosco, nestes cerca de 20 anos de convivência. Anos estes, marcados pela alegria e um sorriso sempre presente."

Outra vítima é Nayara Gomes Santos, que tinha 33 anos e era professora de matemática da Secretaria Municipal de Educação (Semed) desde 2015. Ela trabalhava na Escola Municipal do Tucunzinho, na zona rural do município. A prefeitura também lamento a morte em nota. "Durante três anos foi uma profissional que se destacava com muita dedicação, profissionalismo e ética à rede municipal de ensino."

A Real Maia informou que, após ficar sabendo do acidente, enviou um representante ao local para auxiliar as vítimas. Disse que está à disposição para prestar depoimento e colaborar com as investigações. Esclareceu ainda que todo o custo com transporte das vítimas está sendo arcado pela empresa.

G1 TO


0 comentários:

Postar um comentário