domingo, 7 de janeiro de 2018

Preso usa corda feita com lençóis e foge de penitenciária de segurança máxima no Grande Recife


Um detento fugiu de uma penitenciária de segurança máxima no Grande Recife, na madrugada de sábado (6). De acordo com o secretário de Justiça de Pernambuco, Pedro Eurico, o presidiário usou uma corda feita de lençóis, conhecida como 'teresa', para escalar um dos muros da Penitenciária Professor Barreto Campelo, em Itamaracá.

Por meio de nota, a Secretaria Estadual de Ressocialização (Seres) informou que o fugitivo é Ronaldo Rocha Lins. O Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco (Sindasp-PE) disse que a fuga ocorreu pela guarita 1 da guarda externa, que é feita por policiais militares. Conforme o Sindasp-PE, o detento responde por vários crimes, inclusive homicídio.


Na unidade, ficam os presidiários que já foram sentenciados. O secretário Pedro Eurico informou que foi aberto um processo disciplinar administrativo para apurar as circunstâncias da fuga.

Outros casos

Em janeiro de 2016, ocorreu um tiroteio seguido de fuga na Penitenciária Professor Barreto Campelo. Os detentos conseguiram fugir por um buraco após o muro localizado próximo a uma das guaritas ser explodido.

Um grupo de detentos tentou fugir da penitenciária, no dia 19 de novembro de 2015. De acordo com a PM, eles tentaram explodir o muro do presídio, mas foram flagrados e pegos pela guarda. No dia 8 de novembro de 2015, cinco detentos fugiram abrindo um buraco no muro com explosivos.

G1 PE


0 comentários:

Postar um comentário