sábado, 2 de dezembro de 2017

Ser Educacional engajado na busca por desaparecidos

Grupo desenvolveu ferramenta on-line, que gratuitamente concentra informações dos familiares e desaparecidos

O Ser Educacional, um dos maiores grupos de educação particular do País, está engajado na busca por pessoas desaparecidas. Isto porque uma de suas Instituições de Ensino Superior (IES), a Universidade da Amazônia (UNAMA), desenvolveu a campanha “Encontre Desaparecidos”. O projeto consiste em uma ferramenta on-line que reúne informações dos desaparecidos e seus familiares.

O projeto do site foi elaborado com base em dados do Fórum Brasileiro de Segurança, cujas informações apontam que cerca de 190 pessoas não voltam para suas casas todos os dias. A ideia foi do coordenador do curso de Ciências da Computação da UNAMA, Rômulo Silva Pinheiro, e do estudante Walter Júnior.

O docente explica que o site é gratuito e pretende concentrar o maior número de pessoas que sofrem com o desaparecimento de seus familiares. “Ainda estamos aprimorando a ideia e fazendo melhorias, mas é apenas o começo de uma grande mobilização. Uma das vantagens da página é que ela é interativa, permitindo a participação de qualquer pessoa, independentemente de onde ela esteja”, acrescenta Pinheiro.

A plataforma funciona por meio de cadastro de dados do desaparecido, fotos e o máximo de informações possíveis para facilitar o encontro da pessoa. “O ponto alto da plataforma é o campo do endereço, já que quando preenchido, a ferramenta do Google Maps marca exatamente o local onde a pessoa foi vista pela última vez”, explica Rômulo.

“O Ser Educacional tem como um dos seus pilares a responsabilidade social e tem sempre como objetivo ajudar ao próximo. Os dados levantados pela pesquisa do projeto são preocupantes e poder desenvolver uma ferramenta que contribua para amenizar esses problemas, utilizando a expertise dos nossos estudantes e docentes, é muito gratificante”, completa o diretor-presidente do Grupo, Jânyo Diniz.

Para visitar o site e fazer parte desta corrente, basta acessar http://www.encontredesaparecidos.com.br/.

Assessoria de Imprensa Ser Educacional


0 comentários:

Postar um comentário