segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Helicóptero e policiais reforçam segurança em Batalha a partir desta segunda-feira (18)

Medida da SSP foi tomada após vereador Tony Pretinho ter sido assassinado na sexta-feira

Após a morte de mais um vereador em Batalha na última sexta-feira (15), a Secretaria de Segurança Pública (SSP) vai reforçar, a partir desta segunda (18), o policiamento na região. Tony Carlos Silva de Medeiros (PR), o Tony Pretinho, de 34 anos, foi assassinado com vários tiros de arma de fogo.

Segundo o secretário-adjunto da SSP, Manoel Acácio, mais 12 viaturas serão deslocadas ao município, totalizando cerca de 50 homens, que farão rondas ao longo de todo o dia. Além disso, um dos helicópteros da secretaria também ficará sediado em Batalha para apoio às ações.

"O policiamento já estava sendo reforçado antes e agora será mais ainda mais", aponta o secretário. "Isso vai durar por tempo indeterminado e outra ação é que também foi designada uma comissão para apurar o caso, formada pelos delegados Fábio Costa, Eduardo Mero, da Delegacia de Homicídios, João Marcelo, de Santana do Ipanema".

Tony Pretinho é o segundo vereador assassinado na cidade em pouco mais de um mês. No início de novembro, Neguinho Boiadeiro foi executado após sair de uma sessão na Câmara de Vereadores, quando foi surpreendido pelos criminosos. Na ocasião, um policial civil, que fazia a segurança do vereador, também foi baleado.


Já no caso de Tony, moradores informaram à polícia que ele foi atingido por diversos disparos de arma de fogo na porta de casa. Um carro, de modelo e placa não identificados, foi flagrado deixando a área. Ainda não há informações sobre os acusados e nem sobre a motivação do crime.

Gazeta Web


0 comentários:

Postar um comentário