domingo, 17 de dezembro de 2017

Delegado-geral designa comissão para apurar morte de vereador no Sertão de AL

Vereador Tony Carlos Silva de Medeiros, de 34 anos de idade, conhecido como Tony Pretinho, foi assassinado em Batalha na noite de sexta (15) (Foto: Reprodução)

O delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, logo após tomar conhecimento do assassinato do vereador Tony Carlos de Medeiros, conhecido como “Tony Pretinho”, ocorrido na noite desta sexta-feira (15), na cidade alagoana de Batalha, resolveu designar uma comissão de delegados para investigar o caso.

A comissão será composta pelos delegados João Marcelo, regional de Santana do Ipanema, Fábio Costa, coordenador da Delegacia de Homicídios da Capital, e Eduardo Mero.

O delegado-geral Paulo Cerqueira determinou que a comissão iniciasse o trabalho investigativo imediatamente.

O caso

O vereador Tony Carlos Silva de Medeiros, de 34 anos de idade, conhecido como Tony Pretinho, foi morto com vários disparos de arma de fogo por volta das 21h desta sexta (15) em Batalha.


Segundo a Polícia Militar, ainda não há informações de como ocorreu o crime ou de suspeitos de tirar a vida do vereador.

Após o assassinato, o corpo do político permaneceu em frente à residência para a perícia do Instituto de Criminalística e a remoção do Instituto de Medicina Legal (IML). Equipes da Polícia Militar foram ao local do crime para averiguar a situação.

De acordo com a imprensa do Sertão alagoano, Tony Pretinho também trabalhava como agente penitenciário no presídio do Agreste, em Girau do Ponciano.

Tribuna Hoje com assessoria PC/AL


0 comentários:

Postar um comentário