quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Projeto Olhares da Mata envolve estudantes com o Parque Estadual Mata da Pimenteira

Oficina de Fotografia Participativa começou esta semana, em Serra Talhada, e resultará numa exposição itinerante (Foto: Daniel Meirinho/CPRH)

Trinta estudantes de escolas públicas de Serra Talhada (redes municipal e estadual) estão participando, desde a segunda-feira (13), de uma Oficina em Fotografia Participativa promovida pelo Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), no Parque Estadual Mata da Pimenteira, naquele município do Sertão do Pajeú. Ao final das atividades, que incluem parte teórica e prática, eles irão registrar fotograficamente impressões sobre a Unidade de Conservação – a primeira de Pernambuco no bioma caatinga. Posteriormente, as fotos farão parte de uma exposição itinerante que circulará pelo estado.

Os alunos selecionados para o projeto são das escolas Municipal Brás Magalhães (localizada no entorno do parque) e Estadual Methodio de Godoy Lima. Realizado em parceria com as instituições Avsi Brasil e Plonus, selecionadas em edital público da CPRH, o Olhares da Mata faz parte de um conjunto de ações de Educação Ambiental que estão sendo desenvolvidas no âmbito de Unidades de Conservação (UCs)( do Estado, com investimento proveniente de recursos da compensação ambiental.

Os estudantes que participam da atividade estão sendo coordenados pelo fotógrafo profissional e jornalista pernambucano Daniel Meirinho, com doutorado na Universidade Nova de Lisboa, em Portugal, que trabalha a fotografia como instrumento para intervenção social, inclusive com atividades de formação de jovens e educadores em fotografia participativa. A exposição itinerante – em locais de grande circulação de pessoas – será movimentada entre os meses de dezembro próximo a fevereiro de 2018, seguindo um roteiro que será definido em breve.

Ainda na Mata da Pimenteira, dentro do planejamento, haverá também a produção de publicações educativas com temas relacionados ao parque, com o envolvimento de professores e comunidades locais, e um curso de Formação de Agentes em Educação Ambiental. O curso será ministrado, de 20 a 24 deste mês, pelo Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste (Cepan).

Núcleo de Comunicação Social e Educação Ambiental - NCSEA
Agência Estadual de Meio Ambiente - CPRH
www.cprh.pe.gov.br


0 comentários:

Postar um comentário