terça-feira, 7 de novembro de 2017

Produtor de eventos é preso em PE por embriagar, estuprar adolescentes e divulgar vídeos pelo celular

Detalhes da prisão do produtor de eventos foram divulgados durante coletiva de imprensa na sede da Polícia Civil de Pernambuco, no Recife (Foto: Comunicação/Polícia Civil/Divulgação)

O produtor de eventos Cleyson Barbosa dos Santos Júnior, de 29 anos, foi preso por embriagar e estuprar adolescentes, além de filmar o ato e divulgar o conteúdo em um aplicativo de mensagens. Os detalhes da investigação foram divulgados pelo delegado Breno Maia durante uma coletiva de imprensa nesta terça-feira (7).

O crime ocorreu em 2016, mas o produtor foi preso em cumprimento a um mandado emitido pela polícia no sábado (4). Na época do crime, as jovens tinham 16 e 17 anos.

“Ele tinha o costume de se aproveitar de adolescentes que frequentavam as casas de show que ele promovia os eventos. Ele embriagava as adolescentes e levava para o apartamento de um amigo, onde praticava relações sexuais, filmava e depois divulgava via WhatsApp”, aponta o delegado.


Cleyson foi preso em frente à sua casa, em Ouro Preto, Olinda, após 24 horas de diligência da Polícia Civil. Segundo o delegado, o produtor de eventos confessou ter praticado relações sexuais com menores de idade, assim como ter filmado e divulgado o ato. Entretanto, ele nega que as adolescentes tenham sido embriagadas ou drogadas.


A Polícia Civil ainda apura se houve outras vítimas ao longo dos anos. “Pedimos que adolescentes ou mulheres adultas que foram vítimas dele procurem a delegacia onde ocorreu o fato. Registrado, o inquérito será instaurado e apurado”, explica Maia.

O amigo que disponibilizava o apartamento foi denunciado pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), mas nenhum mandado foi gerado contra ele. “A informação é de que ele estava no apartamento, mas em outro quarto com uma pessoa praticando relações sexuais. O que não sabemos é se essa outra pessoa também era adolescente”, completou Maia.

G1 PE


0 comentários:

Postar um comentário