segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Petrolândia: Presidente do Sindicatos dos Trabalhadores Rurais aponta que fechamento da Agência do INSS é manobra política

Reprodução Facebook STR-Petrolândia

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrolândia (STR), José Maurício Filho, divulgou na página da organização, na manhã desta segunda-feira (20), nota em que aponta como manobra política o fechamento da Agência da Previdência Social (APS), cujo atendimento foi transferido para a vizinha cidade de Tacaratu a partir de hoje. Leia a nota na íntegra.

"O sindicato dos trabalhadores Rurais de Petrolândia, vem através deste comunicar sobre esse fechamento da APS (Agencia da providencia Social) , Que é mais um golpe politico.
E a sociedade tem que esta ligada nesses Golpistas políticos.
Concerteza amanha vai aparecer o salvador da pátria, e a APS vai retornar A funcionar Normalmente!

ACORDA BRASIL!!!
Jose Mauricio Filho"

A suspensão no atendimento do INSS em Petrolândia foi comunicada na última quinta-feira (16). O Gerente Executivo do INSS em Petrolina, Thalys Eliel Amaral Gomes, visitou o município para justificar o fechamento do posto de atendimento que funcionava, provisoriamente, há anos, em espaço cedido ao órgão pela Prefeitura de Petrolândia, dentro do Centro Cultural Hildebrando Menezes. De acordo com o servidor do INSS, a APS funcionava precariamente, com prejuízos à saúde dos funcionários, ao bom atendimento ao público e com desgastes à imagem da instituição. Segundo Thalys, a APS será reativada em Petrolândia somente quando for autorizado o aluguel, solicitado há vários anos, de um prédio compatível com o padrão adequado aos serviços prestados pelo INSS. 

Há alguns anos, a Prefeitura de Petrolândia doou ao INSS um terreno para a construção da sede própria do órgão na cidade, obra jamais iniciada. 

Notícia relacionada

Redação do Blog de Assis Ramalho


0 comentários:

Postar um comentário