quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Jorge Côrte Real se reúne com Presidente do BB para retomada de agências

Foto: Divulgação

Na noite da última terça-feira (31) o deputado federal Jorge Côrte Real (PTB-PE) se reuniu, em Brasília, com o presidente do Banco do Brasil (BB), Paulo Caffarelli, para solicitar a reabertura de agências do BB, fechadas em vários municípios pernambucanos, além da manutenção da agência de Escada, na Mata Sul do Estado. Por questões de segurança, o BB planeja encerrar as atividades em Escada no próximo dia 21.

Durante a reunião, solicitada pelo senador Armando Monteiro (PTB-PE), também presente no encontro, Côrte Real afirmou que a agência de Escada é de total interesse público e que seu fechamento seria não só prejudicial para a economia local, mas também para municípios vizinhos. "Escada é uma das maiores economias da Mata Sul e precisa dispor de uma agência do Banco do Brasil para sua população. O fechamento dessa agência seria desastroso para a economia da cidade. Além disso, estamos solicitando ao Presidente do Banco do Brasil que outros estabelecimentos voltem a funcionar, como é o caso da agência de Condado, na Mata Norte", explicou o parlamentar.

Também presentes na audiência com o presidente do Banco do Brasil, estavam o prefeito de Escada, Lucrécio Gomes (PSB), o vice-prefeito Ivanildo Bezerra, o presidente da Câmara Municipal, vereador Elias de Carvalho (SD), o secretário do Desenvolvimento Institucional de Escada, Klaustterman dos Santos Lima, e o deputado federal Augusto Coutinho (SD-PE).

O presidente do BB explicou que a decisão de fechamento de agências no País não é uma estratégia comercial ou planejada, mas forçada por prejuízos causados por assaltos e explosões. Segundo Caffarelli, a destruição dos imóveis leva seis meses, em média, para a reconstrução, devido ao processo de licitação, e muitas vezes voltam a ser arrombados. Informou haver 330 agências do BB paralisadas em todo o país, atualmente, por assaltos violentos, deixando mais de mil funcionários sem atividade, os quais foram remanejados.

Assessoria de Imprensa deputado federal Jorge Côrte Real


0 comentários:

Postar um comentário