sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Jacaré encontrado à deriva no mar é resgatado em São José da Coroa Grande

Réptil de aproximadamente 1,20 metro foi resgatado por funcionários de um restaurante e entregue à CPRH (Divulgação/CPRH)

Um jacaré-de-papo-amarelo (Caiman latirostris) visto à deriva no mar, em São José da Coroa Grande, Litoral Sul do Estado, foi resgatado por funcionários de um restaurante e alguns moradores do município. Ao ser visto, o réptil estava com visíveis sinais de cansaço e não esboçou reação. Sem apresentar sinais de ferimentos, o animal foi entregue na manhã desta sexta (24) a uma equipe da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e será encaminhado ao Centro de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), onde passará por avaliação médica e receberá os cuidados necessários, antes de ser solto de volta à natureza.

O resgate foi feito na tarde desta quinta (23), logo depois que funcionários e pessoas que estavam no restaurante Calamares viram a situação em que se encontrava o animal. Uma das hipóteses levantadas é a de que, provavelmente, ele tenha saído pelo estuário do Rio Una e ficado à deriva no mar. Muito cansado, foi salvo com a mobilização rápida que foi feita para o resgate. Ficou então numa área isolada do restaurante.

Acionada, a Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma), da Polícia Militar, entrou em contato com a CPRH. Com uma equipe de agentes ambientais em atividades rotineiras no Litoral Sul, na manhã desta sexta o jacaré foi recolhido para ser encaminhado ao Cetas Tangara, no bairro da Guabiraba, no Recife. De acordo com os agentes, aparentemente o animal está bem, mas só após a avaliação médica no Centro de Triagem se poderá avaliar quando será devolvido ao habitat natural.

Núcleo de Comunicação Social e Educação Ambiental - NCSEA
Agência Estadual de Meio Ambiente - CPRH


0 comentários:

Postar um comentário