sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Sangue e batalha: a história da rixa entre as famílias Boiadeiro e Dantas na cidade de Batalha, no Sertão de AL

Confira, acima, um infográfico com os fatos que antecederam o atentado dessa quinta-feira

A morte do vereador por Batalha Adelmo Rodrigues de Melo, conhecido como Neguinho Boiadeiro, ocorrida na tarde dessa quinta-feira (09), é mais um capítulo da sangrenta rivalidade entre as famílias Boiadeiro e Dantas, que há 18 anos disputam o comando da cidade.

O primeiro episódio dessa triste história aconteceu em 1999, quando o pecuarista e ex-prefeito de Batalha José Miguel Rodrigues Dantas e sua esposa, Matilde Toscano, foram mortos em uma emboscada na rodovia AL-220, próximo ao município de Jaramataia. Eles retornavam de uma festa quando o veículo em que estavam foi cercado por criminosos, que efetuaram diversos disparos de arma de fogo.

O crime teria como motivação a disputa entre terras e o poder de mando na cidade de Batalha. Principal acusado, Laércio Boiadeiro foi condenado pela justiça em 2012. Entre os envolvidos estariam Neguinho Boiadeiro, o então prefeito de Olho D'Água das Flores, Paulo Fernandes, e José Cícero Queiroz, conhecido como "Ciço Fubuia".

A partir daí, a rixa entre as famílias só cresceu, resultando em novas mortes de ambos os lados.

Gazeta Web


0 comentários:

Postar um comentário