sábado, 14 de outubro de 2017

Sargento da PM é executado com tiros na cabeça por proprietário de banca de revista, em AL


O sargento Dagvan Carlos da Silva, de 62 anos - integrante do quadro da reserva remunerada da Polícia Militar de Alagoas -, foi executado com diversos disparos de arma de fogo na manhã deste sábado (14). O caso aconteceu na Praça da Faculdade, no bairro do Prado.

De acordo com testemunhas que presenciaram o crime, a vítima teria discutindo com o dono de uma barraca de revista que fica localizada na praça.

Os relatos descrevem que houve uma discussão entre o militar e o proprietário do estabelecimento, com o suspeito tomando o revólver do sargento e, em seguida, efetuando diversos disparos de arma de fogo.


Os tiros foram deflagrados na região da cabeça. O empresário - que ainda não teve o nome divulgado-, fugiu após o crime. Equipes da Polícia Militar realizam diligências na região em busca do suspeito.

A Delegacia de Homicídios e o Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local realizando os procedimentos legais.

G1


0 comentários:

Postar um comentário