sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Santa Catarina e Paraná são os primeiros a receber alertas de desastres naturais via celular

Objetivo da Defesa Civil Nacional é orientar população em situação de risco. Até março de 2018, todos os estados brasileiros terão acesso ao serviço gratuito

A população dos estados do Paraná e Santa Catarina já pode contar com os alertas emergenciais da Defesa Civil via mensagens de celular. Os avisos serão enviados aos telefones assim que forem identificadas situações de riscos que possam acarretar desastres naturais. Para ter acesso à novidade, os usuários precisam cadastrar o Código de Endereçamento Postal (CEP) de interesse, respondendo a mensagem encaminhada pelas operadoras de telefonia móvel. O serviço é gratuito.

Coordenada pelo Ministério da Integração Nacional, a iniciativa tem como objetivo orientar a população e reduzir os riscos de desastres. O cadastro tem início com a seguinte mensagem: "Defesa Civil Nacional informa: novo serviço de envio de SMS gratuito com alertas de área de riscos. Para se cadastrar responda para 40199 com CEP de interesse".

Após esta etapa, o celular está apto a receber alertas sobre inundações, alagamentos, temporais, perigo de deslizamentos de terra, entre outros, além de recomendações da Defesa Civil quanto aos procedimentos a serem adotados em situações de risco. Se o usuário desejar, também é possível cancelar o serviço por mensagem de texto.

Os conteúdos serão produzidos e enviados pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) – Departamento da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional - em parceria com os órgãos estaduais e municipais.

“O celular é hoje um dos meios mais eficientes para se comunicar com as pessoas, diante disso decidimos apostar na tecnologia para reduzir também os riscos e impactos dos desastres naturais ocorridos no Brasil. Por meio das mensagens de texto, nosso objetivo é alcançar o maior número de pessoas e orientá-las quando houver qualquer eminencia de perigo”, destaca o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho.

Testes - Os alertas foram testados durante seis meses em 25 cidades de Santa Catarina e Paraná, atendendo a mais de 600 mil usuários de telefonia móvel. A ampliação do serviço aos demais municípios foi concretizada no último dia 16 de outubro e a expectativa é de que todos os estados brasileiros sejam contemplados até março de 2018.

Histórico - O Japão começou a utilizar o alerta de desastres naturais em 2007. Atualmente, mais de 20 países, entre eles o Canadá, Chile, Bélgica e Filipinas contam com serviços semelhantes.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério da Integração Nacional


0 comentários:

Postar um comentário